João Lourenço quer divulgação da “nova Angola” virada para o investimento

20/05/2019 17:17 - Modificado em 20/05/2019 17:17

O Presidente da República exortou os recém-nomeados embaixadores a divulgarem a imagem da “nova Angola” favorável ao investimento estrangeiro

João Lourenço |EPA/YURI KOCHETKOV

“Espero que os chefes de missões diplomáticas consigam passar, da melhor forma possível, junto do setor empresarial, a imagem do novo quadro criado a favor do investimento estrangeiro, essencialmente, privado”, disse João Lourenço no ato de posse dos 12 novos embaixadores, noticiou a Angop.

Segundo o Chefe de Estado, é fundamental que se honre e defenda o bom nome de Angola junto dos países onde estão acreditados e, de modo geral, no mundo.

Defendeu que estes devem contribuir para o reforço das relações de amizade e de cooperação com os países em que estão acreditados.

O titular do Poder Executivo empossou os embaixadores Edgar Augusto Brandão Gaspar Martins (Coreia), Albino Malungo (Emiratos Árabes Unidos), Osvaldo dos Santos Varela (Israel), Florêncio Mariano da Conceição e Almeida (Brasil) e Balbina Malheiros Dias da Silva (Alemanha).

Empossou igualmente Maria Isabel Gomes Godinho de Resende Encoge (Reino dos Países Baixos), António Manuel Luvualu de Carvalho (Guiné Equatorial) e Agostinho Tavares da Silva Neto (Zimbabwe).

Tomaram, ainda, posse Agostinho André de Carvalho Fernandes (Vietname), Azevedo Xavier Francisco (Zâmbia), Jovelina Alfredo António Imperial da Costa (Namíbia) e Joaquim do Espírito Santo (Estados Unidos da América).

Na cerimónia, o estadista angolano empossou também Domingos André Tchikanda, para o cargo de secretário de Estado dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria.

A cerimónia foi testemunhada pelo vice-presidente da República, Bornito de Sousa, ministros de Estado, ministros e secretários do Presidente da República.

Por Angop

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.