FMI realça o crescimento robusto da economia cabo-verdiana

15/05/2019 23:25 - Modificado em 15/05/2019 23:25
Tao Zhang – Vice-director do Fundo Monetário Internacional (FMI) Foto: DR

O vice-director do Fundo Monetário Internacional (FMI), Tao Zhang, realçou o  crescimento robusto da economia cabo-verdiana, que no seu entender se deve à implementação de reformas. “Contudo, salientou que o país, precisa agora de “almofadas” suficientes que possam reforçar aquilo que, na sua perspectiva, são bons indicadores económicos, comparando com outros países da região.

“O Governo tem de conseguir ultrapassar novos desafios para conduzir a economia para novos níveis. A Economia já recuperou de forma sólida, a taxa de crescimento encontra-se na ordem dos 5,5% e a taxa de inflação está controlada. Naturalmente, que muito mais é necessário fazer, não só em termos de reformas estruturais, como também em termos de fazer tudo para garantir um desenvolvimento económico sustentável e inclusivo”,

Também  reconheceu  o compromisso das autoridades cabo-verdianas em continuar com o programa das reformas de finanças públicas, e reformas a nível do sector empresarial do Estado e com vista a melhorar o ambiente de negócios do país e manifestou todo apoio do FMI.

“Todas essas medidas são muito positivas e no FMI, comprometemos também a continuara a trabalhar juntamente com o país neste empreendimento. Estou satisfeito com o facto de mantermos um bom relacionamento com o país e com as autoridades e estou certo que iremos conseguir reforçar esse relacionamento positivo”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.