Rui Alberto Leite “A equipa não jogou tão mal assim”

12/05/2019 23:24 - Modificado em 12/05/2019 23:24

Os Leões da Rua de Praia saíram do Estádio da Várzea com uma derrota tangencial (0-1) frente à Académica da Praia. Um resultado que em nada comprometeu as pretensões dos encarnados no grupo, pois estes já tinham garantido a passagem às meias-finais.

No final da partida o treinador da equipa encarnada, Rui Leite, afirmou que apesar da passagem à próxima fase da prova, a equipa queria terminar a fase de grupos com uma vitória, para entrar bem nas meias-finais.

Em declarações à imprensa no final da partida, o treinador encarnado assumiu que o golo sofrido de bola parada já se está tornando uma rotina. O que não vê com bons olhos.  “A equipa procurou jogar mas não é fácil a nível psicológico, jogar sabendo que já estás apurado para a meias-finais. Mas, no entanto equipa não jogou tão mal assim”.

Acrescentando ainda “Trabalhamos durante a semana para fazer os jogadores entenderem a importância deste jogo. Tínhamos que ter um grande empenhado para ganhar e assim entrar bem nas meias-finais. Encontramos uma equipa da Académica que veio bem preparada para o jogo e queria sair bem do Nacional, porque ainda são os campeões. Tiveram uma oportunidade de bola parada no primeiro tempo e marcaram. Fizeram muito antijogo, mas nós poderíamos ter feito muito mais para vencer” salienta.

Instado a comentar sobre o caso envolvendo a Académica do Porto Novo, o treinador voltou a reforçar que somente está preocupado com os detalhes do jogo e em preparar bem a sua equipa para os próximos jogos. “Para estas situações temos uma direcção forte que preocupa com questões do tipo”.

O técnico vinca que se os jogadores estivessem preocupados com esta situação logo no arranque da prova, se calhar acabariam por desfocar-se e hoje poderiam estar noutra situação. “Perdemos este jogo hoje, mas não influência em nada a classificação final. Mas claro que conta muito para a parte psicológica, porque os jogadores em Cabo Verde não são muito preparados psicologicamente, e por isso os jogadores abordaram o jogo um pouco relaxados, o que não é bom”. 

Por fim Rui Alberto Leite, salientou o grande apoio que teve dos seus adeptos no Estádio da Várzea, afirmando que estes não mereciam sair do estádio com este resultado.

  1. Carlos Dias

    O meu Mindelense esteve muito fraquinho. Perdas de passo, falta de condição física dos atletas etc.
    segunda derrota consecutiva. Se continuar com esta postura, mais uma vez o campeonato nacional não vai a Mindelo.
    Muito fraquinhos!!!!!!

  2. Onildo Cruz

    Pelo menos reconhece que a equipa jogou mal.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.