Wendy Silva “Muito feliz pelo golo e pela vitória”

12/05/2019 23:18 - Modificado em 12/05/2019 23:18
| Comentários fechados em Wendy Silva “Muito feliz pelo golo e pela vitória”

A jogadora do CS Mindelense Wendy Silva entrou para a história da selecção feminina de futebol de Cabo Verde, ao apontar o primeiro golo de sempre da equipa, golo que contribuiu para a vitória no sábado, frente a congénere da Guiné Bissau por 1-2, no Estádio Lino Correia, em Bissau. Um golo e uma vitória histórica que deixaram a atacante dos “Leões da Rua de Praia” em estado de graça.

Depois do desaire em casa, no Estádio Nacional, derrota por 0-1, no primeiro jogo de sempre, frente à selecção da Guiné Bissau, a selecção feminina voltou a medir forças, neste sábado com a mesma selecção, onde as comandadas de Silvéria Nédio e Gustavo Pires, conseguiram uma vitória histórica por 1-2, com golos de Wendy Silva e Jocilene Semedo, a centrocampista do Llana do Sal.

Após a selecção da casa ir para o descanso a vencer por 1-0, a selecção nacional operou, na segunda metade, a remontada na partida, com a atacante do Mindelense a entrar para a história ao apontar o primeiro golo de sempre de Cabo Verde em competições internacionais.

Em declarações ao NN ainda em território guineense, pois a comitiva cabo-verdiana só inicia a viajem de regresso na madrugada de segunda para terça-feira, 14, a jogadora afirmou que o momento vivido após o golo marcado, “foi muito bom porque e uma sensação inexplicável quando vês os colegas a correrem na tua direcção e a abraçarem-te”. Mas de acordo com a mesma tudo isso é fruto do trabalho colectivo.

No entanto a atacante não sabe explicar da melhor forma o sentimento que ia-lhe na alma após restabelecer o empate na partida, mas assegura que foi tomada por uma mistura de sensações, mas contudo diz que sabia que naquele momento era a primeira cabo-verdiana a acertar com as redes adversária. “Muito feliz pelo golo e pela vitória. Um golo especial que dedico à minha mãe e aos meus filhos” vinca.

Nestes dois jogos em concreto a jogadora afirma que, a primeira no Estádio Nacional na cidade da Praia, foi o mais difícil, porque desconheciam a forma de jogar das companheiras de equipa, mas que já neste segundo teste, o jogo foi melhor conseguido, culimando numa vitória histórica.

Com um olhar expectante para o seu futuro na selecção cabo-verdiana, Wendy diz que neste momento só quer se concentrar no campeonato regional de São Vicente, que está à porta, onde quer nova conquista ao serviço do Mindelense e depois fazer melhor do que ser vice-campeã nacional, com a conquista do título, perdido no jogo da final da época passada frente ao Llana do Sal.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.