CS Mindelense ganha protesto que interpôs sobre a Académica do Porto Novo e está nas “meias” do Nacional

8/05/2019 13:06 - Modificado em 9/05/2019 12:52

O Conselho de Justiça da Federação Cabo-verdiana de Futebol deu, nesta quarta-feira, razão ao protesto interposto pelo CS Mindelense contra a Académica do Porto Novo, por esta ter supostamente utilizado irregularmente dois atletas no jogo entre as duas equipas referente à primeira jornada do Campeonato Nacional de Futebol.

Os Leões da Rua de Praia, num protesto dirigido ao Conselho Justiça da FCF, alegavam que à “Micá” fez alinhar nesta partida dois atletas [Valdo e Maky] que tinham sido expulsos nas meias-finais da Taça do Porto Novo frente ao Marítimo. Ambos os jogadores não disputaram mais nenhum jogo oficial antes de defrontarem o Mindelense.

Assim sendo o Mindelense ganhou, na secretaria, três preciosos pontos que dão acesso imediato às meias-finais do Campeonato Nacional, somando 11 pontos, isto quando falta apenas uma jornada para o término da fase de grupos. Já a Académica com a derrota atribuída, mantém-se no segundo lugar, mas agora com 6 pontos ( 1 vitória e 3 empates). Na terceira posição do grupo A encontra-se a Académica da Praia com 5 pontos, seguindo-se a Académica do Fogo com 3 pontos. Sendo assim a Académica do Porto Novo ainda tem hipóteses de se apurar como o melhor segundo classificado se vencer a Académica do Fogo, mas fica dependendo dos resultados dos grupos B e C. 

Actualizado às 13:59m.

  1. Fernando Assis

    O nome da equipa da Boa Vista é 11 Estrelas e não 11 Unidos.

  2. Fernando Assis

    Mas o Mindelense, uma equipa que eu adoro muito e que tem tantos títulos ganhos, talvez a equipa mais titulada de Cabo Verde, ainda precisa de se socorrer à secretaria para retirar pontos ao adversário do grupo? Não é o presidente do Mindelense que anda constantemente a falar em ética desportiva? Que o fizesse contra uma equipa da Praia até entenderíamos pela rivalidade entre as duas maiores cidades de Cabo Verde, mas tê-lo feito contra a Académica do Porto Novo, que luta para ganhar um título de campeão de Cabo Verde pela primeira vez na sua história, penso que também é uma pura falta de ética desportiva.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.