Gunga lamenta empate no fim mas acredita que a Académica só depende de si para chegar às meias-finais

6/05/2019 00:09 - Modificado em 6/05/2019 00:09
| Comentários fechados em Gunga lamenta empate no fim mas acredita que a Académica só depende de si para chegar às meias-finais

O treinador da “Corveta” do Porto Novo, Gunga Fonseca, após o apito final do jogo com o Mindelense, onde a equipa da casa conseguiu chegar à igualdade no último suspiro, demonstrava algum desalento, lamentando a forma como a sua equipa sofreu o golo do empate, mas afirmou que a equipa só depende de si para garantir o acesso para as meias-finais da competição.

Sobre o jogo em si o treinador apontou que não foi nenhuma novidade, porque estava à espera de um grande jogo e foi isso que acabou por acontecer. “Nós sabemos que o Mindelense é forte na sua casa, mas a Académica tem os seus objetivos bem traçados e cabia a nós dar os sinais de querer vencer e conseguimos mostrar isso. Eles entraram bem no jogo, mas com o passar do tempo acabamos por equilibrar e conseguimos marcar o primeiro golo.  Infelizmente numa jogada típica deles, e que nós tínhamos bem preparado, acabamos por sofrer um golo” afirmou o treinador ao NN.

Depois do golo do empate do Mindelense, Gunga Fonseca vincou que, a sua equipa, por acreditar muito nos seus processos de jogo, sabia que era preciso controlar os momentos de jogo e nisso optou por fazer entrar um avançado para o lugar de um defesa central. “A partir daquele momento conseguimos o nosso objetivo e marcamos o segundo golo. Depois disso competia-nos reajustar a equipa e nós conseguimos isso até ao último minuto, mas infelizmente, mais uma vez, de uma forma que já estávamos preparados, chegaram ao último reduto e foram felizes acabando por empatar”.

Depois deste empate o técnico da “Micá” assegura que a sua equipa vai continuar a trabalhar, porque a Académica é uma equipa que pensa jogo a jogo e que ainda está viva na prova.

“Vamos para a última jornada com todas as condições e dependendo de nós para conseguir as meias-finais. A Académica tem uma vantagem que neste tipo de situações, só pensa sempre em vencer, independentemente do adversário que vamos ter pela frente, seja em que campo for. Simplesmente a Académica vai dar seguimento a um trabalho que tem vindo a fazer para conseguir o seu objetivo” concluiu.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.