Papalele: “Vamos encarar este jogo como uma final”

3/05/2019 00:00 - Modificado em 3/05/2019 00:00
| Comentários fechados em Papalele: “Vamos encarar este jogo como uma final”
Foto: RTC

O Mindelense recebe no domingo, 05, no estádio municipal Adérito Sena, a formação da Académica do Porto Novo, num jogo importantíssimo para as contas do grupo A do Campeonato Nacional. Os Leões da Rua de Praia necessitam dos três pontos em disputa para garantirem o acesso imediato à próxima fase.

O avançado do Mindelense, Papalele, aponta que depois da eliminação da Taça de Cabo Verde a equipa está motivado para vencer este jogo e resolver logo a questão do grupo.

A derrota em Santo Antão Norte, para a Taça de Cabo Verde, ainda está bem fresca na memória dos jogadores do Mindelense, mas de acordo com Papalele, apesar da tristeza não há tempo para lamentar e que isso em nada vai afetar os próximos compromissos da equipa.

“A derrota neste jogo em nada afetou. Desde o início nós estávamos focados em todas as competições e somos uma equipa que pensa jogo a jogo. Nós queríamos continuar na Taça mas não foi possível. Agora é dar continuidade ao grande trabalho que estamos a fazer no Campeonato Nacional. É focar no objetivo deste semana, em nossa casa, que é ganhar o jogo, para poder resolver a questão do grupo” expressou o avançado ao NN.

A Académica tem o privilégio de chegar a este jogo com mais frescura física e tempo de preparação que o Mindelense, mas o jovem jogador do Mindelense, vinca que os encarnados já estão acostumados com estes tipos de situações, por isso agora é preparar o jogo da melhor forma possível. “Agora é preparar cada treino bem e compensar com o descanso que é muito importante, isto para que no dia do jogo estejamos frescos e a fazer de tudo para sairmos com os três pontos que são o objetivo principal da equipa para este jogo”.

“Vamos encarar este jogo como se de uma final tratasse. Queremos vencer para seguir para a próxima fase. Sabemos que não vai ser um jogo fácil, tendo em conta que a Académica é uma grande equipa, uma das melhores nos últimos anos em Cabo Verde. Mas nós também temos as nossas armas e vamos usá-las para cria muitas dificuldades e sair no fim do jogo com os três pontos” sustenta Papalele.

O avançado não tem dúvidas de que a “Micá”, orientada pelo experiente Gunga Fonseca, é uma equipa formada por bons jogadores, o que os torna, a seu ver, numa equipa bem organizada no terreno de jogo, mas vinca que nestes aspetos o Mindelense em nada fica atrás.

Por fim, o jogador espera mais uma vez que o Adérito Sena vista-se de vermelho em apoio ao Mindelense, afirmando que vai ser um grande jogo entre duas enormes equipas. “O apoio do 12º jogador é sempre importante” terminou.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.