Detido antigo militar que planeava ataque à bomba nos EUA

30/04/2019 01:40 - Modificado em 30/04/2019 01:40
| Comentários fechados em Detido antigo militar que planeava ataque à bomba nos EUA
Um antigo militar norte-americano suspeito de planear um ataque à bomba perto de Los Angeles, nos Estados Unidos, para vingar os ataques contra duas mesquitas ocorridas em Nova Zelândia em março, foi detido, anunciaram hoje as autoridades.

Ogabinete do procurador explica que, na internet e em conversas com um agente policial infiltrado, o suspeito, de 26 anos, manifestou o seu apoio aos jihadistas e ao grupo Estado Islâmico, bem como a sua determinação em se tornar um mártir da causa.

De acordo com investigadores, este veterano, que serviu no Afeganistão, tentou obter uma bomba artesanal para a fazer explodir durante um comício em Long Beach que ocorreu este fim de semana, de nacionalistas de extrema-direita.

O suspeito foi detido na sexta-feira após receber o que acreditava ser uma bomba, mas era apenas um dispositivo fictício que foi entregue por um agente infiltrado.

“O suspeito, Mark Steven Domingo, comprou, em 23 e 24 de abril de 2019, várias centenas de pregos com o objetivo de serem usados no dispostito artesanal. Acabou por os entregar a quem pensava ser um cúmplice, mas na realidade era um agente do FBI”, refere a procuradoria em comunicado.

Após os ataques a duas mesquitas em Christchurch, em 13 de março, o suspeito escreveu que devia haver uma retaliação, mensagem que alertou o FBI, que o monitorizou.

Por Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.