Porto Novo: Monte Trigo com pacote de investimentos que ronda os 20 mil contos

29/04/2019 15:03 - Modificado em 29/04/2019 15:03

A Câmara Municipal do Porto Novo, anuncia ainda para este ano um pacote de investimentos para a zona piscatória de Monte Trigo num montante que ronda os 20 mil contos, para o reforço da energia eléctrica e impulsionar a pesca local.

Esta garantia, segundo a Agência Cabo-verdiana de Notícias, foi dada pelo presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Fonseca, que esteve, domingo, em Monte Trigo, para a entregar à comunidade uma unidade de saúde e um centro multiusos, infraestruturas construídas de raiz pela autarquia.

De acordo com o edil, existe um projeto, já com financiamento garantido, que vai melhorar a conservação do pescado nessa zona, graças à instalação de uma central solar fotovoltaica de 15 kilowatt na casa de gelo e de duas máquinas de gelo com capacidade para 500 quilos/dia (250 quilos/cada).

Com este projecto, que tem a parceria do Governo, GEF/SGP, Câmara Municipal e da Associação de Desenvolvimento Local, a casa de gelo vai poder duplicar a sua produção, contribuindo assim para impulsionar a atividade pesqueira e outras actividades económicas em Monte Trigo, avançou Aníbal Fonseca.

Em carteira ainda está a criação de infraestruturas de apoio (arrastadouro) e apoios diretos aos pescadores com materiais e equipamentos de pesca, além da reparação de embarcações são outras ações previstas para Monte Trigo.

Segundo Aníbal Fonseca, outro projeto que será implementado, dentro de pouco tempo, em Monte Trigo, que tem uma população a rondar os 300 habitantes, é a recuperação da central solar fotovoltaica local, instalada em 2012, que enfrenta, nos últimos tempos, “uma situação crítica” com o aproximar do fim da vida útil das baterias.

A central fotovoltaica de Monte Trigo, que foi a primeira aldeia em Cabo Verde eletrificada a 100 por cento (%) com energias limpas (energia solar), tem estado, nos últimos meses, a funcionar “a meio gás”, situação que será ultrapassa ainda em 2019 com a substituição das baterias.

Encontra-se ainda em perspectiva a construção do muro de proteção da orla marítima e de uma praceta nesse povoado do concelho do Porto Novo.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.