Em 2018 três em cada dez pedidos de vistos para visitar a UE foram recusados

29/04/2019 00:14 - Modificado em 29/04/2019 00:14
| Comentários fechados em Em 2018 três em cada dez pedidos de vistos para visitar a UE foram recusados

Dados oficiais, apontam que em 2018 o Centro Comum de Vistos (CCV), recebeu 19.306 pedidos de vistos de cabo-verdianos que pretendiam deslocar-se a países da União Europeia (EU), mas que desses 5.721 foram recusados.

Estes dados foram avançados à agência Lusa pela Embaixadora da União Europeia em Cabo Verde, Sofia Moreira de Sousa, que chama ainda a atenção para o aumento de 12% do número de pedidos registados pelo CCV no ano de 2018, em relação a 2017.

“Milhares de vistos são pedidos e na percentagem de aceitação e na quantidade de vistos que são processados diariamente, com tudo o que implica. Acredito e tenho a confiança que as pessoas que gerem e trabalham nesta matéria, e gerem o CCV, que o fazem com grande profissionalismo. Obviamente há sempre casos individuais de pessoas que podem sentir-se lesadas” afirma.

De acordo com a mesma, sobre o tema da mobilidade e a eventual possibilidade da União Europeia vir a isentar os cabo-verdianos de vistos de curta duração para entrarem nos Estados-membros, a diplomata, garante que não estão reunidas as condições, sustentando que esta situação não está sobre a mesa.

“Eu sei que a nível da população há uma vontade muito grande para acabar com a necessidade de pedir um visto, mas é uma questão onde é necessário todos os Estados-membros estarem de acordo. Desde 2018 que a EU e Cabo Verde têm uma parceria para a mobilidade de que traduz numa facilitação da concessão de vistos para cabo-verdianos que pretendam visitar o espaço Schengen para uma visita de curta duração” diz.

A existir uma isenção de vistos para cabo-verdianos que pretendem visitar países da UE, Sofia Moreira afirma que esta seria sempre de vistos de curta duração, nunca para vistos de residência, de trabalho ou de estudo, porque esses vistos são processados de uma outra forma. 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.