China lança-se na corrida aos asteróides

19/04/2019 00:45 - Modificado em 19/04/2019 00:45

A China apresentou o seu plano para explorar um asteróide e um cometa e convida cientistas de todo o mundo para participarem do programa

A missão envolverá a exploração de um asteróide próximo à Terra chamado 2016HO3, e um cometa do cinturão principal, chamado 133P, disse na quinta-feira Liu Jizhong, diretor do Centro para Exploração Lunar e Programa Espacial da Administração Nacional Aeroespacial da China.

A China ofereceu-.se para levar instrumentos científicos desenvolvidos por outros países na missão, segundo Liu. A missão ainda está em discussão. Segundo o plano atual, uma sonda será enviada para voar em redor do asteróide 2016HO3 e pousará nele para colher amostras. Depois, a sonda voará de volta para a proximidade da Terra, e uma cápsula de retorno será enviada para trazer as amostras de volta para a Terra.

Finalmente, a sonda continuará viagem e, com a ajuda da gravidade da Terra e de Marte, chegará ao cinturão principal do asteróide e orbitará o cometa 133P para o explorar. A missão inteira durará cerca de 10 anos, concluiu o diretor do Centro para Exploração Lunar e Programa Espacial da Administração Nacional Aeroespacial da China.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.