Salamansa: Responsável da Capela acusado de violar várias crianças durante mais de um ano

17/04/2019 12:49 - Modificado em 18/04/2019 12:47

De acordo com outras informações recolhidas pelo Notícias do Norte, por uma fonte próxima a família, as crianças contaram que eram abusadas aos fins-de-semana, quando se deslocavam à capela na localidade de Salamansa e também na casa do indivíduo. No final dos abusos eram intimidadas e ameaçadas de morte, segundo conta um familiar. “Dava bofetadas na cara delas”.

Ainda não se sabe ao certo quantas crianças terão, alegadamente, sido vítimas de abuso sexual. No entanto, o NN sabe que, por enquanto, são quatro as menores vítimas do alegado abusador. Duas delas, inclusive, viviam com o suspeito, que atualmente encontra-se sob custódia da Policia Judiciária que está a investigar o caso.

O individuo foi detido pela Policia Judiciária, na noite da segunda-feira, depois das denúncias terem sido feitas.

O caso foi  revelado porque uma das crianças já não aguentou mais “sofrer em silêncio” e foi falar com o padre, contando-lhe o que vinha sucedendo. Este comunicou a denúncia à Judiciária que se deslocou, segunda-feira, à casa do suposto agressor sexual, tendo as autoridades detido o suspeito para mais averiguações.

A Diocese do Mindelo, entretanto, esclarece que o homem não é catequista, mas sim responsável da capela. O homem usava a sua posição para tirar vantagem sobre as crianças e, alegadamente, cometer estes atos criminosos.

Modificado em 18 de Abril às 12.43h

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.