Augusto Neves: “JHA chumbou a regionalização porque só conhece a Praia e tudo que é bom para as outras ilhas lhe faz coceira”

17/04/2019 00:23 - Modificado em 17/04/2019 00:23
| Comentários fechados em Augusto Neves: “JHA chumbou a regionalização porque só conhece a Praia e tudo que é bom para as outras ilhas lhe faz coceira”

O presidente da CMSV levantou a bandeira da regionalização e numa comunicação no estilo de Onésimo Silveira ou Isaura Gomes reclamou a liderança na luta pela regionalização.

Eeste começou por dizer “Não vão parar São Vicente. Não vão parar a regionalização”.  E identificou quem não vai parar a regionalização: o PAICV  e nas suas palavras  “Esse número reduzido de gatos pingados não pode barrar a vontade do povo, que exigiu a regionalização nas eleições de 2016”. 

Por isso assume que  a ilha de São Vicente irá continuar a lutar pela Regionalização e autonomia e apela aos autarcas cabo-verdianos para se levantarem e exigir a descentralização e o desenvolvimento igualitário em todas as ilhas.

Apontou o dedo à presidente do PAICV  “quer viver no bem-bom na Praia  e só conhece a Praia e tudo aquilo que seja bom para as outras ilhas lhe faz coceira”. Depois disparou na direcção dos deputados do PAICV eleitos por São Vicente a quem chamou de “falsos filhos de São Vicente” e que “são uns ingratos que na hora da verdade escondem-se atrás do pano preto, pois não conseguem libertar-se das amarras do partido único, da sede de poder e da centralização do mesmo”.

Augusto Neves diz-se a favor da regionalização porque “apenas com ela haverá um poder próximo das populações para resolver as suas dificuldades” e “romper com as assimetrias existentes”.

Acrescentando que pela sua importância no desenvolvimento do país, irão continuar a lutar pela regionalização. “É uma necessidade da população que sufragou a proposta do MpD nas eleições legislativas de 2016 e os deputados devem trabalhar e chegar a um consenso quando é matéria para bem da população”, sintetizou o autarca.

  1. Carlos Dias

    Será que o Gust é filho de S. Vicente?
    Em S. Vicente ha muitos filhos adotivos que so lembram de S. Vicente para proveito próprio.
    São Muitos e em são todos conhecidos.

  2. no PAICV existe só PARASITAS…

  3. Carlos Furtado

    Óh cidadão Augusto Neves!! JHA foi ministra da República de Cabo Verde durante 8 anos, e presidente de um dos maiores partidos políticos de Cabo Verde, portanto conhece com certeza o país melhor que o senhor, que pelo contrário só conhece São Vicente e só consegue ver para lá do horizonte o Monte Cara.
    JHA defende os interesses de Cabo Verde e o senhor legitimamente defende os interesses dos são-vicentinos, que nem sempre vão de encontro aos interesses dos cabo-verdianos. Tome juízo.

  4. Mutinha

    Quem tem um mínimo de conhecimento de democracia, sabe que o paicv é um disfarce do PAIGC; são democratas no papel, na cabeça, nada.
    Quanto aos deputados das outras ilhas, sejam do PAICV, MPD ou UCID, nunca foram lao parlamento defender os interesses das ilhas a que foram eleitos, mas sim seus PARTIDOS e seus BOLSOS; numa terra pobre como Cabo Verde, com carências de todo tipo, os sanguessugas chamados deputados, só vão exigir coisas para seus interesses; querem de tudo, carro próprio, imunidade, alojamento e um sem fim de mordomias, pensando que são mais cabo-verdianos que o resto. Se dependesse de mim, o país iria fazer um ajuste de salários condizente com a categoria de cada um e com as possibilidades do país e, cada um iria lidar com seu vencimento. Ninguém iria ter mordomias à custa do sacrificado povo de Cabo Verde.
    Quanto à REGIONALIZAÇÃO, os políticos que não o querem, demonstram um claro apego ao poder, falta de visão em termos de desenvolvimento do país, uma clara falta de conhecimento da DEMOCRACIA. Não abrem mão do poder, estão felizes com o atraso da população e do país, querem que o cidadão, quando precisar de um simples bilhete de identidade, um despacho da INPS, um empréstimo bancário, tudo, tudo, tem de ir à Praia para assinatura dos grandes chefes. Um documento que um cidadão podia tomar na hora, leva uma eternidade.
    Temos de lutar todos para pôr fim a esse abuso que existe na função pública cabo-verdiana.
    Temos de lutar por uma REGIONALIZAÇÃO firme, justa e, quando fôr conseguida, os que pensam que vão tirar partido DELA, tirem seu cavalinho da chuva, porque estamos de olhos bem abertos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.