Navio “Liberdadi” volta a navegar no mês de Maio

17/04/2019 00:03 - Modificado em 17/04/2019 00:03

Retido desde a passada sexta-feira, 12 Abril, no cais do Porto Grande, depois de um incidente ocorrido no porto do Porto Novo, em Santo Antão, as reparações do navio devem acontecer dentro de uma semana e devem estar concluídas no prazo de duas semanas.

O Ministro da Economia, José Gonçalves assegura que os danos não são graves, mas por ser numa área sensível como é a proa, este precisa ser reparado.

De acordo com o ministro da Economia, que durante esta terça-feira esteve de visita ao sector da economia de São Vicente, a reparação só não aconteceu ainda porque os estaleiros de reparação naval estão “completamente cheios”, mas porque se trata de um navio de transporte de serviço público, isso deveria ser levando em consideração, dando prioridade à sua reparação.

No entanto, por informações recebidas, sabe que a embarcação da Fast Ferry deverá, no prazo de uma semana, entrar em reparação, com a duração prevista para cerca de 15 dias.

Até a reparação da embarcação, segundo José Gonçalves, a linha São Vicente/Santo Antão, fica a ser assegurada por apenas um barco, o Inter-ilhas. Este fará por estes dias, três viagens por dia de forma a satisfazer as necessidades do mercado nesta época de Páscoa, em que Santo Antão tem muita procura. De referir que anteriormente a ligação estava a ser assegurada por três embarcações.

Enquanto aguarda pela reparação do Liberdadi, a linha de São Nicolau, vai ser agora coberta pelo “Kriola”, outro navio da Fast Ferry.

No final da visita reuniu-se com a Associação Cabo-verdiana dos Armadores da Marinha Mercante (ACAMM) e garantiu que a criação da nova empresa Cabo Verde Inter-Ilhas foi uma boa solução. Aliás, “é a melhor encontrada para o país – em segurança, em regularidade, previsibilidade e com a perspetiva, segundo tudo nos indica, de ser altamente rentável no negócio”, referiu o governante.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.