Missa estava a ser celebrada em Notre-Dame quando o fogo deflagrou

16/04/2019 01:49 - Modificado em 16/04/2019 01:49
O alarme soou mas inicialmente ninguém percebeu o que estava a acontecer.

Estava a decorrer uma missa na catedral de Notre-Dame na tarde desta segunda-feira quando o incêndio deflagrou, revela a CNN. A estação televisiva falou com François-Xavier Lochet, de 70 anos, que estava no interior do edifício a assistir à missa quando o alarme soou.

Inicialmente, ninguém percebeu o que estava a acontecer e Lochet conta que o alarme estava a tocar tão alto que mal compreendeu as mensagens em francês e inglês que surgiam das colunas da catedral. Mesmo os que as ouviram continuaram parados, até que os funcionários começaram a evacuar a catedral e pediram às pessoas para saírem.

François-Xavier Lochet só teve noção da gravidade da situação quando ouviu um polícia a dizer a um padre “Isto não é uma brincadeira. Vocês têm de sair”.

Lochet saiu então da catedral e dirigiu-se para a casa da sua mãe. Nessa altura olhou para trás e viu o fumo. “Ninguém estava a prestar atenção”, disse. Mas a nuvem de fogo começou a elevar-se e captou a atenção das pessoas.

Lochet recordou as inúmeras vezes que foi à catedral. “Apetecia-me chorar. Esta é provavelmente a minha igreja preferida no mundo. Subi as torres quando tinha 12 anos (…) É um grande pedaço da história da Europa. Desapareceu”, lamentou.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.