Presumível sequestrador e assassino de cabo-verdiana nos EUA declara-se inocente

10/04/2019 01:40 - Modificado em 10/04/2019 01:40

O homem acusado de ter sequestrado e assassinado Jassy Correia, de 23 anos, nos Estados Unidos da América, apesar de todas as evidências, declarou-se inocente nesta terça-feira perante o tribunal federal em Boston. A acusação de sequestro, resultando em morte, prevê uma sentença de morte ou prisão perpétua.

Louis D. Coleman III, natural de Rhode Island, foi indiciado por um grande júri federal na semana passada, pelo sequestro, resultando na morte da mulher, em Boston, no passado mês de fevereiro. Coleman III foi detido a 28 de fevereiro em Delaware e desde então está em prisão preventiva.

Jassy Correia recorde-se, desapareceu na manhã de 24 de fevereiro e o seu corpo foi encontrado no porta-malas do carro de Coleman III quando este foi parado e preso, vários dias depois em Delaware.

Uma conferência de status está marcada para 14 de junho, mas Coleman III não precisa aparecer.

De acordo com as autoridades americanas, as imagens de vigilância fora do clube mostram Jassy Correia entrando em um carro com Coleman naquela noite. Mais tarde, as imagens de vigilância do prédio do apartamento de Coleman, em Providence, mostram que na manhã seguinte ele carregava um corpo mole que correspondia à descrição de Jassy.

Os promotores disseram que a polícia tem evidências de mais vídeos de vigilância que colocam Coleman em um Walmart comprando suprimentos, mais tarde encontrados em seu apartamento, e, em seguida, trazendo uma mala grande onde o corpo de Jassy Correia foi encontrado dentro do porta-malas do seu carro.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.