Morro Branco terá ainda este ano uma caserna feminina

7/04/2019 23:31 - Modificado em 7/04/2019 23:31
Foto: Marcos Fonseca

As Forças Armadas (FA) de Cabo Verde esperam aumentar, já na próxima incorporação, o número de mulheres que ingressam na instituição, com a construção, ainda neste ano, de uma caserna feminina em Morro Branco, São Vicente.

Com a construção desta caserna no Centro de Instrução Militar do Morro Branco, as Forças Armadas terão capacidade para receber até cinquenta recrutas do sexo feminino. De acordo com as FA, a verba destinada à construção da caserna está contemplada no Orçamento de Estado para este ano.

De realçar que, neste momento, as mulheres representam apenas sete por cento do efetivo das Forças Armadas cabo-verdianas. Um número que poderá agora aumentar com a implementação das condições logísticas para receber um maior número de recrutas femininas.

As regiões militares do Sal e da Praia, segundo as FA, já têm as condições logísticas necessárias para receber mulheres.

  1. Dje Guebara

    Toda esa gama de dinheiro para construir uma caserna femenina, e em uniformes deveriam de usar este dinheiro em infra – estruturas na reconstrução das ruas, em cosntrução de diques, na reconstrução dos edificios històricos como o Fortim, Liceu Gil Eanes, Èden Park, modificar Praça Nova, reconstruir a minha querida e inesquecida escola dos meus amores, a Escola Central João Belo, mais conhecido por escola de praça nova donde estudei atè graduar de 4ta clase, e não gastar dinheiro em boberias.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.