Monte Cara vendido : A mentira do 1 de Abril

2/04/2019 00:34 - Modificado em 2/04/2019 00:34
| Comentários fechados em Monte Cara vendido : A mentira do 1 de Abril
Foto: Bob Lima

A notícia sobre a venda do Monte Cara foi a nossa mentira de 1 de Abril.  Foi  uma mentira tão impossível de ser verdade que o objectivo era assinalar o dia das mentiras como uma mentira óbvia. Mas ficamos desiludidos porque muitos acreditaram que era verdade e, claro, culparam… o Governo. Só não sabemos, a ser verdade, como se iria transladar uma… montanha

Já se sabe que no dia 1 de abril é preciso ter atenção, pois quanto mais bombástica a novidade, mais provável é ser uma partida ou uma brincadeira. Mas mais do que simplesmente levar os mais incautos ao engano, o dia das mentiras é também uma oportunidade para dar largas à criatividade. Estes são alguns dos melhores exemplos.

O jornal britânico The Guardian compilou algumas das melhores – e piores – mentiras do dia 1 de abril da internet. “Numa era em que nos podemos deparar com um título “Neta de Mussolini bate em Jim Carrey por causa de cartoons” e não é uma partida, podemos pensar que o tradicional Dia das Mentiras já teve os seus dias. Mas enganam-se”, escreve o jornal na sua edição online.

Com a proliferação das notícias falsas e com o aparecimento de plataformas que permitem a qualquer utilizador criar um artigo e difundi-lo nas redes sociais como se fosse um artigo real e verídico de um meio de comunicação social, tornou-se legítimo que todos os dias percorrêssemos o feed como se fosse o primeiro dia do mês de abril. No entanto, este dia mantém-se vivo pela liberdade humorística que confere aos jornais para poderem brincar com os seus leitores.

O Brexit foi um dos temas favoritos da imprensa. Foi com base no tema que o Daily Express fez quando noticiou, esta segunda-feira, que o Reino Unido pode ser banido do festival da Eurovisão devido a uma decisão do Instituto do Festival Eurovisão da Canção. Ou quanto o Telegraph sugere que o Parlamento britânico iria recuperar uma lei dos tempos de Oliver Cromwell para proibir as piadas do Dia das Mentiras.

The Sun, noutro tema, disse que iria existir uma nova coleção de moedas desenhadas da Royal Mint baseadas em emojis, incluindo um emoji de um cócó de 50 pences. E o Daily Star disse que a partir de hoje era possível obter cerveja em pontos do NHS, o sistema nacional de saúde do Reino Unido. Já o The Times noticiou a chegada de drones que conseguem passear os cães pelos donos e o Daily Mail disse que Larry, o gato que mora no número 10 de Downing Street (a residência do primeiro-ministro no Reino Unido) ia ter a sua própria portinhola para entrar em casa.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.