Cantareira sagra-se Campeão Regional de Sub-17

28/03/2019 00:55 - Modificado em 28/03/2019 00:55

A formação do Cantareira (Monte Sossego) conquistou na tarde desta quarta-feira o seu segundo título de campeão regional. A vitória sobre o Batuque por 5-3 só foi alcançada nas penalidades, após um nulo registado no fim do tempo regulamentar. O Cantareira sucede assim o Geneva como Campeão Regional e vai representar a ilha de S. Vicente no Campeonato Nacional, que arranca já nesta quinta-feira.

Cantareira e Batuque FC chegaram à finalíssima após terem deixado pelo caminho, nas meias-finais, a Juventude e o Corinthians respetivamente. No jogo da final as duas equipas mais regulares da prova demonstraram um respeito mútuo e criaram pouquíssimas oportunidades de golos.

Disputado no campo do Centro de Estágio da FCF, os pupilos de Valdir Évora, no momento decisivo, mostraram eficácia total perante o desacerto dos comandados de Djodje, que viram o guarda-redes da equipa amarela defender dois remates o que permitiu ao Cantareira vencer por 5-3.

No final da partida, em declarações para a imprensa, o guarda-redes Roberto Fortes galardoado com o prémio de menos batido da prova, pois a equipa sofreu apenas um golo, aponta que o segredo para o título foi o fruto de muito treino de equipa e espírito de sacrifício. “Temos um treino intenso durante a temporada  e sinto-me feliz de ser bicampeão de São Vicente e ainda mais ser o guarda-redes menos batido. Queremos o Campeonato Nacional também” diz o guarda-redes.

Já o treinador de equipa Valdir Évora, que vence o campeonato regional pela primeira vez, expressa que o sentimento de ser campeão é de muito orgulho, pois foi fruto de muito trabalho e que teve muitas dificuldades em conciliar as aulas e os treinos.

“Considero que foi um torneio, devido a complicações de equipas que não conseguiram se federar, muito à pressa. Um torneio relâmpago, com jogos sábado, domingo. Marcamos 52 golos e sofremos apenas um golo, o que atesta o valor da equipa” certifica o treinador.

Valdir Évora já olha para o Campeonato Nacional que se inicia nesta quinta-feira, 28, e diz que vão dar o máximo para representar a ilha da melhor forma possível.

O Cantareira para além do título de campeão, levou para casa os prémios de melhor marcador (Marco Lizardo) e o guarda-redes menos batido (Roberto Fortes).

Já o Ponta d´Pom conquistou o prémio de equipa fair-play.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.