Mobilização de fundos a favor de Moçambique já começou

26/03/2019 00:53 - Modificado em 26/03/2019 00:53
| Comentários fechados em Mobilização de fundos a favor de Moçambique já começou
Arlindo Carvalho – Presidente da Cruz Vermelha de Cabo Verde

Depois de ser aberta na sexta-feira uma conta solidária a favor de Moçambique no Banco Cabo-verdiano de Negócios (BCN), nesta segunda-feira foram abertas contas em todos os bancos comerciais, dados confirmados pelo Presidente da Cruz Vermelha de Cabo Verde.

O Presidente da Cruz Vermelha de Cabo Verde, Arlindo Carvalho, assegura que todas as estruturas da organização estão engajadas na campanha a favor do povo moçambicano. O presidente informou que a conta bancaria no BCN já está disponível e que a partir desta segunda-feira, em todos os bancos comercias da praça, vai haver uma conta para receber as contribuições financeiras dos cabo-verdianos.

A Cruz Vermelha de Cabo Verde, para além da mobilização de recursos financeiros, está a trabalhar com o movimento internacional no sentido de fazer chegar mais auxílio a Moçambique.

A instituição ainda estuda a possibilidade de viabilizar a ida a Moçambique de um grupo de médicos e enfermeiros para ajudar as equipas no terreno. Arlindo Carvalho acredita que a equipa estará em Moçambique até ao final desta semana.

O boletim do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades de ontem, aponta para 446 óbitos nas províncias mais afetadas pelo ciclone Idai – Zambézia, Tete, Manica e Sofala cuja capital é a cidade da Beira, destruída em 90 por cento.

Nas três províncias estão instalados 130 centros de acomodação, noventa dos quais em Sofala. No total estão instalados nesses centros 131.508 pessoas. Mas ainda existem 6.563 em situação de vulnerabilidade.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.