Santo Antão: Suposto autor do incêndio florestal do Planalto Leste já foi julgado e sentença será conhecida em Abril

15/03/2019 15:02 - Modificado em 15/03/2019 15:02
| Comentários fechados em Santo Antão: Suposto autor do incêndio florestal do Planalto Leste já foi julgado e sentença será conhecida em Abril

A sentença do suposto autor do incêndio que em Julho de 2018 devastou um vasto perímetro florestal do Planalto Leste de Santo Antão, consumindo 200 hectares da floresta, deverá ser conhecida a 11 de Abril, depois do julgamento ter-se realizado esta semana.

Natural de Água das Caldeiras, no Planalto Leste de Santo Antão, o indivíduo do sexo masculino, de 29 anos, que aguardou o julgamento em prisão preventiva, é suspeito de ser o autor do crime de fogo posto, que originou um incêndio de grandes proporções que destruiu, em Julho, um terço dessa reserva florestal.

Declarada reserva florestal desde 1990, a floresta do Planalto Leste, ficou muito afetada por esse incêndio, o maior ocorrido nesse perímetro que, actualmente, está a ser alvo de um programa de recuperação que demorará, pelo menos, cinco anos.O plano de restauração da floresta, com 1600 hectares de extensão, ronda os 30 mil contos e consiste em quatro ações: corte e limpeza; replantação e conservação de solos e água; produção de plantas e ainda a informação e sensibilização.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.