Augusto Neves : “Cumprir com 81% do plano de actividades significa muito trabalho realizado”

15/03/2019 01:04 - Modificado em 15/03/2019 01:04

Após o término da 8ª sessão ordinária da 7ª legislatura da Assembleia Municipal (AM), que teve como ponto fulcral a apreciação do relatório das atividades de 2018, que decorreram entre a quarta-feira 13 e esta quinta-feira, o presidente da Câmara Municipal enalteceu a forma como decorreram os trabalhos na AM por parte de todos os partidos.

O edil frisou ainda o trabalho árduo que a sua equipa vem realizando em prol de São Vicente, apontando que cumpriram mais de 81% das actividades previstas para o ano 2018.

Em declarações ao NN, Neves considera  que a discussão foi “extremamente positiva”, a nível de todos os grupos e partidos, isto porque como diz, a Câmara em 2018 trabalhou bastante. Num universo de 100% o autarca afirma que executaram mais de 81% das atividades previstas.

“Portanto foi um trabalho árduo, porque nós sabemos que todos os orçamentos são uma previsão e o facto de termos executado mais de 81%, quer dizer que foi um trabalho difícil de toda a equipa camarária, de todos os serviços e apoio dos parceiros que nos ajudam bastante na concretização dos planos. Acho que todos estamos de parabéns e a ilha merece todo esse esforço. Com certeza nós continuaremos este trabalho para podermos dar à população de São Vicente melhores condições de vida” diz.

Sobre a disponibilidade e abertura política apresentada pela bancada do PAICV, durante o decorrer dos trabalhos, com o intuito de todos os partidos trabalharem juntos em prol de São Vicente, o edil aponta que a Câmara sempre trabalha em concertação com os outros partidos na Assembleia Municipal. “Fazemos um trabalho sério de muita dedicação e obviamente os partidos têm consciência disso e eis a razão da reação positiva de todos, relativamente ao desempenho dos vários serviços. É isso que nos engrandece e nos tem dado toda essa vontade de seguir trabalhando e de poder melhorar e de poder resolver os problemas que afligem esta ilha”.

Augusto Neves está ciente das dificuldades que tem pela frente para catapultar São Vicente para patamares de desenvolvimento que os mindelenses desejam, mas para isso pede a união de todos para se poder dar este passo que considera gigantesco. “Peço que todos nós nos juntemos nos vários eventos, nos vários processos, porque se houver uma colaboração muito estreita e de proximidade com a população, de certeza  ultrapassaremos todas as dificuldades e chegaremos ao que todos nós procuramos que é dar felicidade e maior qualidade de vida para todos os sanvincentinos”.

  1. Cigarra SV

    Vivo no Sal e fico extremamente triste quando duas importantes figuras do desporto nacional tambem estes de SV, me dizem que a pior camara para trabalhar juntos é a de São Vicente. E são gentes que tem trazido eventos desportivos internacionais para o pais. E falam muito bem do presidente da Camara do Sal, por exemplo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.