Inglaterra: Tribunal manda banco reembolsar investidores lesados em negócio de propriedade em Cabo Verde

13/03/2019 01:21 - Modificado em 13/03/2019 01:21
| Comentários fechados em Inglaterra: Tribunal manda banco reembolsar investidores lesados em negócio de propriedade em Cabo Verde

O Tribunal de Recurso da Inglaterra decidiu a favor dos investidores lesados num esquema de compra de propriedade de milhões de libras no complexo Paradise Beach em Cabo Verde, avançou hoje o jornal online britânico FTAdviser.

O investimento, segundo refere a mesma fonte, foi promovido pela firma Arck LLP, responsável pela captação de recursos para o complexo de propriedades de luxo Paradise Beach em Cabo Verde (Ilha do Sal), negócio falhado depois.

A fonte explicou que os investidores no empreendimento Paradise Beach doaram mais de 1,5 milhão de libras ao Arck em 2009, e quando o esquema entrou em colapso, procuraram recuperar seu dinheiro junto do Clydesdale Bank, que operava as contas pelas quais o dinheiro investido fluía.

No mês passado, o Tribunal de Recurso determinou que o banco Clydesdale deve reembolsar os investidores do plano, anulando uma decisão anterior da Alta Corte de Justiça que havia decidido o contrário.

Citada pelo FTAdviser, Steven Richards, sócio da Foot Anstey, a firma de advocacia que representa os investidores, disse que esta decisão significa que agora há luz no fim do túnel para os seus clientes e suas famílias, após uma tentativa de quase uma década de recuperar seus investimentos perdidos.

“Os investidores saúdam a decisão do Tribunal de Recurso que justifica sua alegação de que o Banco poderia e deveria ter tomado medidas para proteger seu dinheiro”, afirmou a referida fonte, completando que “esta tem sido uma longa e custosa batalha dos investidores pela reparação e espera-se que este capítulo da saga possa agora ser levado a um final satisfatório.”

Um porta-voz do Clydesdale, citado na mesma peça, fez saber que o Banco recebeu o julgamento do Tribunal de Recursos e que agora está a preparar os próximos passos.

Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.