Amor, Arte de Viver é o primeiro livro de Alisa Astral

13/03/2019 00:32 - Modificado em 13/03/2019 00:32

Com “Amor, Arte de Viver”, de Alisa Astral Lopes, o lançamento de livros regressou ao Centro Cultural Norberto Tavares, esta terça-feira, 12. A apresentação do livro este a cargo do Professor da Universidade de Santiago, Luís Rodrigues.

Alisa Lopes é uma jovem cabo-verdiana, de 26 anos, que reside em Portugal. Na Capoeira, de que é praticante, é conhecida como Astral – que adotou como seu nome literário.

Expressando-se através da poesia, Alisa Astral Lopes escreve desde os 13 anos, expressando mundividências e emoções. É também artista circense e uma das fundadoras do primeiro grupo de Circo de Cabo Verde: o Enigma. 

Formada em Psicologia Aplicada pela Southwest University, na cidade de Chongqing (República Popular da China), em 2016 ganhou um concurso de língua chinesa recitando um dos seus poemas (“Já vi”) em mandarim.

Amor, Arte de Viver” é o seu primeiro livro de poesia e é uma edição de autor. Uma viagem, através de 236 páginas e 121 poemas escritos entre os 13 e os 24 anos – “por temas da Psicologia, de uma forma poética e em uma linguagem menos técnica”, como nos revela Alisa.

Em busca do amor-próprio

Segundo a autora, “o livro está baseado na busca do amor-próprio, do amor à vida e ao ser humano. Por isso a escolha desse nome”. Mas, ainda segundo Alisa Astral Lopes, a ideia de publicar o livro foi graças ao seu amigo Adriel Pires, que sempre lhe deu forças e reconheceu o talento da jovem poetisa.

No entanto, o incentivo mais forte “veio de uma pessoa que estava a enfrentar uma depressão”, diz-nos ainda Alisa. “Ela disse-me que as minhas palavras tinham o poder de ajudar as pessoas, então tinha de partilhar a minha arte”, sublinha a autora.

Depois de Assomada, a obra será lançada nas cidades portuguesas do Porto e de Lisboa.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.