Carnaval mindelense sem tarifas especiais e voos extras só da Praia

28/02/2019 01:35 - Modificado em 28/02/2019 01:36
| Comentários fechados em Carnaval mindelense sem tarifas especiais e voos extras só da Praia

Este Online anunciou há precisamente um mês que até à data ainda não havia tarifas especiais para visitantes e nem programação de voos extras pelas companhias aéreas a operar em S. Vicente. Ora, esta situação é confirmada novamente por algumas agências de viagens sediadas no Mindelo. A poucos dias da realização da maior manifestação cultural de São Vicente, o Carnaval, estas afirmam não haver tarifas especiais, e somente um voo extra na linha Praia/Mindelo.

Numa altura em que a Cabo Verde Airlines não faz voos internacionais de e para São Vicente, a situação complica-se a cada dia, especialmente nesta época alta com o carnaval mindelense. Os preços atuais são considerados exorbitantes, tanto nos voos internacionais como nos domésticos e com isso o carnaval perde muitos visitantes.

Cingir-se às tarifas do mercado, que estão muito altas, foi a única alternativa para quem quisesse marcar presença no Mindelo e testemunhar de pert, aquele que é considerado o melhor carnaval que se faz em Cabo Verde. Para voos de Lisboa para a ilha do Sal, na Cabo Verde Airlines, os preços situam-se entre os 50 e 60 mil escudos. Já para seguir viagem do Sal para São Vicente, na Binter, o preço é de 20.900.00 (Vinte mil e novecentos escudos), ou seja, na globalidade os preços com as passagens ultrapassam os 70 mil escudos, somente na vinda, isto é sem adicionar os custos da estadia.

Somente a linha cidade da Praia/Mindelo foi reforçada com mais um voo extra, ou seja, de duas passou a ter três viagens, isto como nos asseguram algumas agências. A linha Sal/Mindelo manteve o único voo que opera normalmente. Segundo informações recolhidas, todos os voos já estão lotados, o é dizer que quem não comprou antecipadamente o seu “ticket” está com os pés fora da folia. A nível interno o cenário alternativo pode passar pela viagem via marítima.

A lei da muita procura e da pouca oferta aplica-se perfeitamente nesta questão, e como nos advogaram as agências de viagens, as pessoas têm ligado com muita frequência para verem se há pessoas que desistiram da viagem para poderem preencher o lugar deixado vago, mas a verdade é que todos correm pelo mesmo objetivo, que é o de marcar presença no carnaval e nesse sentido não têm havido desistências.

Esta é de resto uma situação que está a gerar o descontentamento nas pessoas que ansiavam para ver os seus familiares e amigos, que todos os anos por esta altura, tinham Mindelo como o ponto de encontro. É o caso de Jorge, que abordado pelo NN não entende esta situação e diz que estava a espera de um amigo proveniente de Lisboa, mas que devido a falta de lugares nos voos da Binter da ilha do Sal para o Mindelo, desistiu de vir. “Estava tudo programado já havia muito tempo, mas desistiu porque corria o risco de ficar na ilha do Sal. Poderia vir na TAP, mas as tarifas estão muito altas. É preciso resolver urgentemente a questão do Cabo Verde Airlines” reforça.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.