Mindelense mantém Batuque à distância

23/02/2019 23:35 - Modificado em 23/02/2019 23:35

O jogo grande da nona jornada do Campeonato Regional de Futebol de São Vicente, entre o líder Mindelense e o segundo classificado Batuque, disputado neste sábado no Estádio Adérito Sena, ditou um empate a zeros. Com este resultado os encarnados mantêm a vantagem de quatro pontos sobre o Batuque, seu perseguidor mais directo.

No jogo da abertura da jornada, que antecedeu o jogo grande, o Derby goleou o aflito Corinthians por 4-0, ascendendo de forma provisória ao terceiro lugar da tabela classificativa, agora com 16 pontos. Toy, o avançado dos azuis, foi o grande destaque desta partida ao apontar um “hat-trick”. O outro golo do Derby foi marcado por Válter.

Seguiu-se aquele que era o considerado o “prato forte” da jornada, o duelo entre o Mindelense e o Batuque. Frente a frente o líder isolado e o segundo classificado. Os adeptos marcaram presença em grande número, mas só que saíram sem festejar os desejados golos que fazem a festa dos jogos.

Os Leões da Rua de Praia, que chegaram a esta jornada com mais quatro pontos, que o adversário, não arriscaram muito no primeiro tempo, jogando um futebol mais apoiado e aproveitando a velocidade dos seus atacantes. O Batuque foi o primeiro a dar o sinal ao que veio. Aos 28 minutos de jogo Bruce aproveitou uma má abordagem do central Bomba, roubando-lhe a bola mas o remate embateu nas malhas laterais da baliza a guarda de Piduca.

O Batuque insistia e volvidos apenas cinco minutos Bruce, de novo, causou calafrios na defensiva dos encarnados, quando ultrapassou o internacional Calú e disparou um potente remate, só que Piduca não se deixou enganar e fez a primeira grande defesa da tarde.

De realçar que os encarnados, devido a castigo, não contaram nesta partida com o capitão Toy Adão e Yuran.

Logo no início do segundo tempo Rui Leite viu o seu avançado Papalele ser expulso com duplo amarelo, isto após falta sobre o guarda-redes Fock.

O Mindelense não se deixou abalar com a expulsão de Papalele e aos 53 minutos, Fredson visou a baliza de Fock, com um remate de fora da área, mas o guarda-redes do Batuque defendeu a dois tempos. Passados apenas cinco minutos, foi Cálu a testar os reflexos de Fock mas este, mais uma vez, revelou-se concentrado.

Sacudida a pressão do Mindelense o Batuque tomou as rédeas do jogo. Por volta do minuto 61, o médio Toy teve na cabeça a hipótese mais clara de golo até então no jogo, só que Piduca esteve em grande ao negar o golo ao camisola 8 do Batuque. Motivados por este lance, os jogadores do Batuque animaram-se e foi Bruce, logo depois, e de cabeça, a ter uma boa hipótese de facturar neste encontro, mas o cabeceamento, saiu muito perto do poste, isto após uma má abordagem do guarda-redes encarnado.

A ponta final do encontro foi de muito sofrimento para os adeptos de ambas as equipas, com os do Batuque a virem a sua equipa carregar com tudo e o Mindelense a despejar a bola como podia para longe da sua defensiva. Um resultado mais importante para os encarnados do que para os axadrezados de Alto Miramar, que ficaram com a mesma desvantagem pontual, isto quando faltam cinco jornadas para o término da prova. Mindelense chegou aos 23 pontos e o Batuque soma 19 pontos.A jornada nove prossegue neste domingo, 24, com as partidas entre o Castilho e Académica com inicio às 14:00 e Farense vs. Salamansa às 16 horas.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.