São Nicolau: Assassino de Viviana Cabral condenado a 32 anos de prisão

17/02/2019 23:01 - Modificado em 17/02/2019 23:01

O Tribunal da Comarca de São Nicolau, condenou Danielson, mais conhecido por “Beni de Luísa” de 30 anos de idade, à pena de 32 anos de prisão pelo homicídio da então companheira Viviana Cabral.

O crime aconteceu na noite de sábado 04 de Agosto de 2018 na localidade de Preguiça em S. Nicolau.

Viviana Cabral, completava 29 anos na segunda-feira, 06, de Agosto de 2018, mas após uma briga intensa com o seu companheiro, na noite de sábado, 04 de agosto, esta foi atingida com um golpe de faca no peito, causando-lhe a morte.

O assassino confesso de Viviana Cabral, foi condenado a uma pena de prisão de 32 anos, após ser indiciado dos crimes de VBG, porte ilegal de armas e homicídio.

A jovem que viria a falecer a caminho do hospital deixou quatro filhos, sendo que o mais novo tinha apenas dois anos.

Este foi de resto o primeiro caso de homicídio registado na pequena localidade da Preguiça, em São Nicolau.

  1. Maria José

    Nao é nada agradável mas pelo menos em Sao Nicolau aplica-se penas como deve ser. Nao existindo pena perpetua no nosso sistema, uma pena de 32 anos está bem aplicada. Se fosse na Praia seria de 12 anos apenas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.