Taça de São Vicente: Somente o Mindelense escapou à fúria da “Segundona”

17/02/2019 22:39 - Modificado em 17/02/2019 22:39
| Comentários fechados em Taça de São Vicente: Somente o Mindelense escapou à fúria da “Segundona”
Foto: Inforpress

A segunda eliminatória da Taça de São Vicente foi recheada de surpresas. Tanto o Salamansa como o Derby, ambas da 1ª Divisão caíram aos pés do Amarante e Calhau, equipas que militam na 2ª Divisão. Do G-8 somente o Mindelense conseguiu fugir à eleminação, ao vencer o Ponta d´Pom, da “Segundona”, por um escasso 1-0.

A equipa do Amarante deu o mote aquilo que viria a ser o denominador comum da 2ª eliminatória da Taça de S. Vicente, vencendo o Salamansa por 2-1. A surpresa começou a ser desenhada aos 44 minutos do primeiro tempo, quando Nenass marcou e adiantou a equipa amarantina no marcador. Já na segunda parte, aos 62 minutos, o mesmo jogador  teve nos pés a possibilidade de elevar a contagem, através de uma penalidade, mas não teve êxito no remate.

Não marcou o Amarante e acabou por ser o Salamansa a empatar a eliminatória. Volvidos oito minutos Miká, o jovem avançado e marcador de serviço da equipa da zona piscatória, que está de pé quente nesta época desportiva, marcou o golo do empate. A surpresa chegaria aos 89 minutos e pelos pés de Vaduca. Novo penalti para o Amarante, só que desta vez Vaduca não tremeu perante Toy marcando o 2-1, golo com que os comandados de Armandim, afastariam o Salamansa da competição

O segundo encontro da tarde, também foi de surpresas com o Derby a cair perante o Calhau, por 5-4 no desempate por penaltis, após o empate a duas bolas registado no final dos 90 minutos regulamentares. Erick aos cinco minutos colocou o penúltimo classificado da 2ª Divisão na frente da eliminatória, sendo que aos 70 minutos de jogo o seu colega de equipa Jamil, abriu o livro e marcou o golo da eliminatória. O jogador do Calhau encheu-se de fé e disparou um míssil de fora de área que só parou no fundo das redes da baliza à guarda de Jandir.

Apesar da desvantagem no marcador o Derby ainda conseguiu empatar e levar a partida para os penaltis. Primeiro foi Pitú aos 76 minutos a reduzir a desvantagem para 2-1, e Válter, aos 84, na marcação de um penalti, deu novo fôlego aos derbianos. Mas só que o Calhau estava numa tarde inspirada e confirmou o adeus dos “Dragões da Praça Estrela” no desempate por penaltis vencendo por 5-4.

No último encontro da tarde e da eliminatória, o CS Mindelense foi o único “sobrevivente” da 1ª Divisão, ao vencer o Ponta d´Pom por 1-0. Com o nulo registado no primeiro tempo, onde foram poucas as oportunidades claras de golo, foi Dy Maldini, à passagem dos 60 minutos, de cabeça a corresponder a um cruzamento da esquerda, o único a acertar com as redes neste encontro. O jovem santantonense que foi lançado por Rui Alberto Leite, revelou-se assim decisivo no desfecho desta eliminatória, perante o terceiro classificado da 2ª Divisão.

Até ao final do encontro, os encarnados tiveram ainda algumas oportunidades para dilatar a vantagem no marcador, mas o “Ponta” comandado por Piki, não o permitiu.

O Falcões do Norte (2ª Divisão) vai ter, nas meias-finais, a companhia do Amarante e Calhau, também equipas do mesmo escalão, assim como o Mindelense o único sobrevivente do Primeiro Escalão.

Os jogos das meias-finais estão agendados para 20 de Março e a finalíssima para 06 de Abril.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.