São Vicente: Tribunal aplica prisão preventiva a grupo de jovens responsável por vários roubos na ilha

15/02/2019 15:27 - Modificado em 15/02/2019 15:27

Os detidos fazem parte de um grupo de indivíduos que actuava com muita violência, sendo, também, responsável por um assalto à mão armada no posto da Shell da rotunda da Ribeira Bote, em São Vicente.

De acordo com nota da Polícia Judiciária, os detidos são suspeitos da prática de, pelo menos, doze (12) crimes de roubo e dez (10) crimes de posse de arma.

Os quatro jovens, com idades compreendidas entre os 20 e 24 anos, foram detidos na quarta-feira, 13, fora de flagrante delito, através Departamento de Investigação Criminal do Mindelo (DICM), com as operações de localização e detenção em colaboração com a Polícia Nacional, através da esquadra de Fonte Inês.

Segundo a mesma fonte, os crimes foram cometidos em Dezembro 2018, em várias zonas da cidade do Mindelo, com destaque para Fonte Francês, Ribeira Bote, Bela Vista e Monte Sossego, tendo os alegados assaltantes subtraído das vítimas vários objectos electrónicos, como telemóveis e tablets, e demais artigos pessoais (bicicleta, relógios, colares, rádio, colunas, roupas, etc), bem como algumas quantias em dinheiro.

No entanto, a PJ garantiu que alguns dos objectos já foram recuperados e entregues aos respectivos donos.

Os detidos foram presentes, esta quarta-feira, 13, ao Tribunal da Comarca de São Vicente, tendo todos ficado em Prisão Preventiva.

Também na Praia, a Secção Central de Investigação de Tráfico de Estupefacientes (SCITE) – Brigada Interna –, deteve, na terça-feira, 12, em flagrante delito, um indivíduo do sexo feminino, de 49 anos, residente na Várzea, suspeita da prática de crime de tráfico de estupefacientes.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.