Governo assina contrato de concessão do serviço público de transporte marítimo de passageiro e carga com a Transinsular

15/02/2019 00:40 - Modificado em 15/02/2019 00:40

O Governo de Cabo Verde procede esta sexta-feira, com a assinatura do contrato de concessão do serviço público de transporte marítimo de passageiro e carga, com a empresa portuguesa Transinsular, vencedora do concurso público internacional para a gestão e exploração do serviço de Transporte Marítimo Inter-Ilhas.

Posto isso, o governo diz que salvaguardando devidamente o interesse dos armadores cabo-verdianos, acordou com a Transinsular, que ela seria majoritária na empresa que irá gerir a concessão com 51% do capital social e que 49% do capital social da empresa será detido pelos armadores cabo-verdianos.

O governo informa que a concessão foi atribuída através de um concurso público internacional, competitivo e transparente, seguindo as regras de contratação pública de Cabo Verde, em diversas fases.

Na altura do anúncio da vencedora do concurso, o executivo cabo-verdiano sublinhou que a empresa portuguesa foi a única candidata admitida no processo de candidatura, isto após a análise dos documentos dos dois candidatos no concurso para transporte marítimo Inter-Ilhas.

De referir que o concurso foi lançado em Janeiro de 2018, e que em Outubro desse mesmo ano, após avaliação técnica pelo júri, determinou-se que a proposta da Transinsular foi a vencedora do concurso.

Segundo nota do governo, a sua experiência comprovada neste ramo de atividade e capacidade financeira para realizar os investimentos necessários por forma a assegurar a eficiente mobilidade de passageiros e cargas, garantir a unificação do mercado nacional trazendo assim uma nova dinâmica à economia com a criação de novas oportunidades de negócios e investimentos.

O acto da assinatura acontece esta sexta-feira, na sala de conferências do Palácio do Governo, na cidade da Praia.

  1. João Pedro Monteiro

    MAS QUE GOVERNO DE M**** É ESTE QUE VENDE TODO O PAIS AOS ESTRANGEIROS???? BANDO DE INCOMPETENTES E LADRÕES QUE PREFEREM VENDER AOS ESTRANGEIROS POR NÃO SABEREM GOVERNAR E ASSIM TAMBÉM FICA MAIS FÁCIL AOS CORRUPTOS ENRIQUECEREM RAPIDAMENTE.
    PRÓXIMO É A TELECOM QUE VÃO VENDER 40 POR CENTO AO GRUPO BRASILEIRO. DESDE QUANDO SE VENDE EMPRESA QUE DÃO LUCRO??? BANDIDOS, BANDIDOS…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.