Boa Vista: Trabalhadores da empresa SILMAC partem para greve de quatro dias

14/02/2019 14:50 - Modificado em 14/02/2019 14:50

Os trabalhadores da empresa de segurança privada SILMAC, afectos aos serviços de rastreio de passageiros e cargas no Aeroporto Internacional Aristides Pereira, na Boa Vista, iniciam uma greve de três dias, a partir do sábado, 16.

Segundo o sindicato que os representa, em causa está o não cumprimento da revisão salarial e das sucessivas violações dos direitos dos trabalhadores.

Recorde-se que em Junho do ano passado, esses trabalhadores paralisaram o serviço por 4 dias, com as mesmas revindicações de agora. De constar que na altura, a greve gerou filas enormes de espera no ponto de controlo de raio-X, atrasos nas partidas e registo de voos cancelados.

Volvidos oito meses o Sindicato dos Trabalhadores da Boa Vista volta a entregar um pré-aviso de greve exigindo o cumprimento contratual.

O Secretário permanente do sindicato, Alcino Ascensão, através de uma nota afirma que “passados cerca de dois anos os trabalhadores aguardam ansiosos pela revisão salarial prometida e a empresa recusa-se terminantemente em cumprir com o acordo”.

Ainda no decorrer desta quinta-feira, 14, o Sindicato e a empresa de segurança SILMAC deverão sentar-se à mesa para negociações.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.