Luxemburgo: Cabo-verdiano condenado a prisão perpétua por matar a mulher

13/02/2019 15:00 - Modificado em 13/02/2019 15:00

O tribunal do Luxemburgo confirmou nesta terça-feira, 12, a condenação a prisão perpétua a um individuo de origens cabo-verdiana pela morte da ex-mulher de 48 anos que residia em Esch/Alzette.

De acordo com o jornal do Luxemburgo Noticias, o caso remonta a janeiro de 2015. Por conseguinte o primeiro veredicto foi proferido há sete meses no Tribunal do Luxemburgo e foi agora confirmado.

“A vítima foi baleada seis vezes no quintal da sua casa” escreve a mesma fonte.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.