Dia dos namorados à procura do melhor presente para demostrar o afeto à “cara metade”

13/02/2019 00:07 - Modificado em 13/02/2019 00:07
| Comentários fechados em Dia dos namorados à procura do melhor presente para demostrar o afeto à “cara metade”

O dia mais romântico do ano, dia de São Valentim, popularmente conhecido por “Dia dos Namorados”, assinalado a 14 de Fevereiro, tem sido motivo da parte das lojas, boutiques, restaurantes e hotéis de algumas sugestões para os casais comemorarem a data.

Com o dia o dia de São Valentim à porta, a reportagem do Notícias do Norte falou com proprietários de alguns restaurantes, espaços e lojas sobre o negócio e todos foram unânimes em afirmar que este ano a procura tem sido “muito fraca”. Mas garantem que, normalmente o volume de compras e de reservas acontece, na maior parte das vezes na véspera, hoje dia 13.

Apesar da queda do consumo e da crise, muitos mindelenses pretendem realizar compras aproveitando as ofertas do Dia dos Namorados. 

Para driblar a situação, uma das sugestões tem sido a criação de pacotes que oferecem desconto especiais. É o comércio tentando aquecer os corações apaixonados. “Muitos apaixonados buscam oferecer experiências diferenciadas para seus pares, como por exemplo, um jantar especial, algumas horas relaxantes num hotel, ou algum presente que tenha um significado especial”.

E para isso, o melhor presente não precisa ser o mais caro e desequilibrar as finanças do casal. A nossa reportagem constatou que os consumidores têm preferência pelo segmento de vestuário. “Hoje em dia os jovens oferecem algo que o companheiro/a possa usar, como lingeries, roupas com estampa do clube do namorado” e tudo isso são feitos em pacotes especiais nas lojas.

A história do Dia de São Valentim remonta o século III d.c. quando o Imperador Romano Claudius II proibiu os casamentos, como forma de angariar mais soldados para as suas tropas. Na época um sacerdote de nome Valentim desrespeitou este decreto imperial e continuou a realizar casamentos.

O segredo foi descoberto e Valentim foi preso, torturado e condenado à morte. Antes da sua morte, conseguiu enviar e receber algumas cartas ainda na cela, o que originou a troca de cartões neste dia, os chamados “valentines”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.