Director do AICE nega acusações de ex-funcionário da ASA e avança com queixa crime- (C/video)

6/02/2019 01:17 - Modificado em 6/02/2019 01:17

O Director do Aeroporto Cesária Évora, Teófilo Figueiredo nega as acusações de corrupção feitas através da RCV  por um ex-funcionário da ASA  e desafia o autor a apresentar as provas que diz que tem. Mas vai avançar com o processo crime  por calúnia. De acordo com Teófilo Figueiredo,  este caso  começou desde que  o ex-funcionário  Armando Gonçalves foi destituído de um cargo de chefia intermédia, que exercia em comissão de serviço, começou a desenvolver um ódio à sua pessoa “Tentou o sr. Armando Gonçalves de todas as formas intimidar-me e, assim procurar uma reversão da situação, de modo a que ele pudesse ser reconduzido às funções. Escusado será dizer que não conseguiu”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.