Operação ESER: jornal irlandês diz que existem suspeitas de que parte da droga apreendida era destinada ao mercado irlandês

5/02/2019 00:32 - Modificado em 5/02/2019 00:32
| Comentários fechados em Operação ESER: jornal irlandês diz que existem suspeitas de que parte da droga apreendida era destinada ao mercado irlandês

De acordo com fonte da polícia irlandesa ao jornal Irish Times, parte das 9,5 toneladas de cocaína apreendida, na passada quinta-feira, a bordo do navio ESER, no porto da cidade da Praia, Santiago, tinha como destino a Irlanda e outros países do norte da Europa.

Apesar das suspeitas, não se acredita que criminosos irlandeses estivessem envolvidos no transporte da droga proveniente da América do Sul, mais propriamente da Colômbia, portanto, o jornal escreve que especialistas dizem que informações recolhidas em operações anteriores apontam para que um eventual comprador irlandês fosse receber a sua parte na Espanha, antes de transportá-la por terra ou mar até à Irlanda.

A informação avançada pelo site Voa Português, refere ainda que o navio, de bandeira panamiana e com tripulação russa, tinha saído do Panamá e dirigia-se ao porto de Tânger, em Marrocos. A atracagem no porto da Praia aconteceu por causa da morte de um dos tripulantes do navio.

Recorde-se que os 260 fardos de cocaína, equivalente a 9,5 toneladas, foram apreendidos, no porto da Praia, a 31 de Fevereiro, no navio ESER, com 11 russos a bordo. A droga  apreendida já foi queimada, a céu aberto, no passado sábado, 2, na lixeira da Cidade da Praia. A operação foi acompanhada pela PN, PJ, militares, Interpol, polícia francesa e outras entidades ligadas ao combate ao narcotráfico no país.

O Tribunal da Comarca da Praia decretou, sábado, 02, a prisão preventiva para os 11 tripulantes detidos pela Polícia Judiciária (PJ) na quinta-feira, 31, no Porto da Praia, durante a “Operação ESER”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.