Reguladores europeus preocupados com fusão de apps do Facebook

4/02/2019 13:39 - Modificado em 4/02/2019 13:40

A tecnológica partilhou recentemente planos para fundir os serviços de mensagens do Messenger, WhatsApp e Instagram.

OFacebook revelou recentemente que está a estudar a hipótese de permitir que os utilizadores do Messenger, WhatsApp e Instagram troquem mensagens entre si, o que levaria a uma fusão destes serviços de mensagens. A hipótese pode soar entusiasmante para os utilizadores mas levanta preocupações aos reguladores europeus.

Entre eles encontra-se a Comissão de Proteção de Dados Irlandesa que, no seu site, partilhou um comunicado sobre o assunto: “Propostas anteriores para a partilha de dados entre empresas do Facebook deram origem a preocupações significativas de proteção de dados e a CPD Irlandesa começará por querer garantias que essas preocupações serão tidas em conta pelo Facebook à medida que desenvolve esta proposta”, pode ler-se no site.

Apesar de já ter levantado a hipótese, o Facebook já fez saber que a fusão destes serviços de mensagens não acontecerá este ano. Porém, é provável que ao longo de 2019 a tecnológica de Mark Zuckerberg venha a estudar cada vez mais a fundo esta hipótese.

Em Notícias ao Minuto

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.