O Tribunal da Praia decretou a prisão preventiva para os 11 detidos da Operação ESER

4/02/2019 00:01 - Modificado em 4/02/2019 00:01
| Comentários fechados em O Tribunal da Praia decretou a prisão preventiva para os 11 detidos da Operação ESER

Os onze suspeitos, todos de nacionalidade russa, tripulantes do navio ESER, vão assim aguardar em prisão  preventiva  o julgamento, como era de esperar, depois da PJ ter encontrado no navio 9,5 toneladas de cocaína. Por motivos de segurança  a droga  já foi queimada na lixeira da Praia sob forte vigilância das Forças Armadas e da PJ, assim como de outras autoridades policiais.

O navio de bandeira panamiana e com tripulação russa, tinha saído do Panamá e dirigia-se ao porto de Tânger, em Marrocos. Foi um desvio na rota traçada, logo na fase inicial da viagem, que alertou o MAOC-N (Maritime Analysis and Operations Centre – Narcotics ) que está sediado em Lisboa. A atracagem no porto da Praia aconteceu por causa da morte de um dos tripulantes do navio.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.