Governo assina acordos com a China para construção de habitações sociais em São Vicente

31/01/2019 00:02 - Modificado em 31/01/2019 00:02

O acordo de cooperação técnica e económica terá como primeiro resultado a construção de 88 habitações na localidade de Portelinha, periferia da cidade do Mindelo, atualmente uma zona de habitações precárias e casas de lata.

Trata-se do resultado de um compromisso assumido em 2016 pelo Governo da China, aquando da visita do Primeiro-Ministro àquele país. 

De acordo com o Governo, os acordos técnico e económico para a implementação do Projeto de ajuda a Cabo Verde, com a construção de habitações sociais na ilha de São Vicente, foram assinados esta terça-feira, 29 Janeiro, pelo Ministério das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação.

O empreendimento composto por 88 apartamentos, equipados com instalações de eletricidade, água, vias e drenagem e divididos em 11 blocos, será ainda contemplado com espaços verdes, parque infantil e parque de estacionamento. O arranque das obras está previsto ainda para este ano de 2019.

Ao projeto-piloto da Portelinha seguir-se-ão outros projetos de habitação social nas ilhas de São Vicente e Santiago.

No ato de assinatura dos acordos de cooperação, a Ministra das Infraestruturas, Eunice Silva, afirmou ser esta mais uma prova do empenho do Governo na eliminação das casas de lata na ilha de São Vicente e consequente melhoria das condições habitacionais dos mindelenses.

  1. João Neves

    Esperamos que o projecto seja diferente do “casa para todos”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.