Desfiles de Mandingas: Os domingos nunca mais serão iguais até ao enterro do carnaval

28/01/2019 00:46 - Modificado em 28/01/2019 00:47
| Comentários fechados em Desfiles de Mandingas: Os domingos nunca mais serão iguais até ao enterro do carnaval

Este domingo os grupos de Mandingas saíram pelas ruas de São Vicente, para dar o seu contributo, ao anúncio oficial do Carnaval de São Vicente.
Os Mandinga da Bela Vista, de Fonte Filipe e o mais numeroso e movimentado, os Mandinga de Ribeira Bote, arrastando atrás de si milhares de pessoas.
De acordo com a organização, o desfile que deveria ter arrancado às 14 Horas. Arrancou com meia hora de atraso tendo demorado alguns minutos a sair das ruas estreitas do bairro da Ilha de Madeira. De permeio fizeram uma singela homenagem em frente da residência de três pessoas que faleceram recentemente.
Um minuto de batucada, em honra destas três pessoas, amantes desta manifestação e seguidores do grupo, além de serem moradores da zona.
A saída do bairro fez-se com fortes batucadas e alguns milhares de seguidores. Como é da praxe os mandingas levavam os seus saiotes e as caras pintadas de negro, misturando no mesmo espaço gente de todas as classes e também idades ao som da batucada acompanhando de músicas. Estava assim criado o ambiente é de frenesim típico destas “saídas”.
A criatividade do povo é desconcertante e notou-se na altura de improvisar músicas de carnaval para acompanhar as batucadas. Pelas ruas já se vê as tradicionais T-shirt com o “100% Mandinga”, entre outros, demonstrando o seu apoio e deixando bem claro que o objectivo é pura diversão.
Ao ritmo do ariah, a primeira passagem do grupo fez-se pela zona de Fonte
Filipe, com saída na entrada na estrada que faz a fronteira entre esta zona e
Fonte Inês. O caminho foi sempre a subir, rumo a Cruz João Évora, seguindo-se Madeiralzinho e Chã de Alecrim, passando pela Laginha virando para a Escola Técnica, sempre ao som do ritmo ensurdecedor da batucada, e de alguns impropérios que alguns iam gritando e cantando.
Seguindo o itinerário, antes de regressar à zona de Ribeira Bote, ainda passaram pelo centro da cidade rumo à concentração final, ainda antes do anoitecer.
No próximo domingo há mais! Para quem gosta vem ai mais uma tarde de domingo de “sabura” pelas ruas de São Vicente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.