Ministério das Finanças reage ao Comunicado da PGR

26/01/2019 22:13 - Modificado em 26/01/2019 22:13
| Comentários fechados em Ministério das Finanças reage ao Comunicado da PGR

Na sequência da divulgação feita no passado dias 24, pela Procuradoria-Geral da República, na sua página electrónica, de um comunicado, intitulado “Funcionário do Ministério das Finanças em Prisão Preventiva por indícios de Agressão Sexual com penetração contra menor” o Ministério das Finanças através de um comunicado veio ilibar a instituição dos actos cometidos por um cidadão, fora das instalações do Ministério.

“O Ministério das Finanças vem demarcar-se categoricamente de qualquer tentativa inapropriada de associação a vida privada de um cidadão, que coincidentemente é seu funcionário, à instituição a que este pertence” lê-se.

De acordo com o mesmo comunicado, o crime aconteceu fora das instalações do Ministério das Finanças e por isso a sua natureza não tem qualquer relação com as funções que o funcionário vinha desempenhando até à presente data no Ministério.

A instituição vinca, que confia no funcionamento da justiça cabo-verdiana e no primado da Lei, que repudia qualquer ato que possa pôr em causa a integridade física e moral de menores de idade. “Pelo que espera que havendo responsabilidade criminal ela será assacada” conclui. 

De referir que o referido indivíduo de 42 anos é acusado de três crimes de agressão contra uma menor com quem tem uma relação de parentesco.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.