INE : Conjuntura económica mantém favorável com o ritmo de crescimento acima da média da série no 4º trimestre de 2018

23/01/2019 00:06 - Modificado em 23/01/2019 00:06
| Comentários fechados em INE : Conjuntura económica mantém favorável com o ritmo de crescimento acima da média da série no 4º trimestre de 2018

Cabo Verde manteve no 4º trimestre de 2018 a conjuntura económica favorável, com o ritmo de crescimento económico a situar-se acima da média da série, conforme resultados do inquérito de conjuntura aos agentes económicos, divulgados hoje pelo INE.

Os dados mostram que no sector do comércio em estabelecimentos o indicador de confiança situou-se acima da média da série, evoluindo positivamente face ao mesmo período do ano 2017. Assim aconteceu também com o sector do comércio em feira, onde também a conjuntura manteve favorável.

Outro sector cuja conjuntura também foi favorável é o dos Transportes e Serviços Auxiliares aos Transportes.

De acordo com o INE, o indicador de confiança neste sector manteve a tendência ascendente dos últimos trimestres, registando o valor mais alto dos últimos vinte e oito trimestres consecutivos e evoluindo favoravelmente face ao trimestre homólogo, a conjuntura no sector é favorável.

Já no turismo, o indicador de confiança contrariou a tendência ascendente dos últimos trimestres. Entretanto situou-se acima da média da série e a conjuntura manteve estável no último trimestre de 2018.

Os empresários apontaram a insuficiência da procura como sendo o principal obstáculo do sector no último trimestre de 2018.

Em relação ao turismo residencial a situação foi melhor. O indicador de confiança contrariou a tendência descendente verificada no último trimestre, situando acima da média da série e evoluindo positivamente face ao trimestre homólogo.

No que refere à construção, a conjuntura foi desfavorável. Apesar de se ter registado uma inversão da tendência descendente dos últimos trimestres, o indicador de confiança situou-se abaixo da média da série e evoluiu negativamente face ao trimestre homólogo.

Os empresários apontaram o nível elevado da taxa de juros e as dificuldades na obtenção de crédito bancário como sendo os principais constrangimentos do sector no quarto trimestre 2018.

A mesma tendência foi registada no sector da Indústria Transformadora, onde apesar de o indicador de confiança ter invertido a tendência descendente do último trimestre, mantendo o indicador abaixo da média e evoluindo desfavoravelmente face ao trimestre homólogo, a conjuntura é desfavorável.

Segundo os empresários, as frequentes avarias mecânicas nos equipamentos e a falta de mão de obra qualificada foram os principais constrangimentos do sector no decorrer do quarto trimestre 2018.

Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.