Mulher mais gorda da Indonésia vai necessitar de uma empilhadora para ser transportada

20/01/2019 22:39 - Modificado em 20/01/2019 22:39

Titi Wati, de 37 anos, passa os dias deitada sobre o estômago sem se conseguir movimentar.

Titi Wati, de 37 anos, é considerada a mulher mais gorda da Indonésia. “Nem sempre fui assim. Eu era magra e tinha o cabelo comprido”, revela a mulher que agora deverá precisar de uma empilhadora para sair de casa e ser transportada para o hospital.

A mulher, que também é mãe, passa os dias deitada sobre o seu estômago sem se conseguir movimentar.

A filha, Herlina de 19 anos, cuida da mãe e está numa constante luta com o governo para conseguir ajuda para a progenitora.

Titi começou a ganhar peso em 2013, com 29 anos, e até então não tem parado. “Espero que o meu estado de saúde chame a atenção do governo”, revela a mulher que pesa cerca de 350 quilogramas.

O desafio, revela um médico de uma clínica na Indonésia, é transportar a mulher para o hospital. Uma empilhadora pode ser a única solução para conseguir levar Titi ao médico.

Em CM

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.