Cruzeiros do Norte leva à Rua de Lisboa o tema CPLP e Andrea Gomes como Rainha de bateria

13/01/2019 15:51 - Modificado em 13/01/2019 15:51

O grupo Carnavalesco Cruzeiros do Norte, tricampeão do carnaval de São Vicente entre 2011 e 2013, leva este ano ao “sambódromo” da Rua de Lisboa o enredo CPLP sem fronteiras – Lusofonia sem barreiras, do carnavalesco Fernando “Noia” Morais. Um tema que gira a volta da presidência da Comunidade de Países de Língua Portuguesa assumida recentemente por Cabo Verde

Num balanço do seu percurso de 10 anos à frente deste grupo, onde foi homenageado pelos membros da agremiação, tendo durante esta década a frente do grupo conquistado o primeiro lugar por três vezes consecutivas no Carnaval de São Vicente, o presidente Jailson Juff diz que os objectivos são muitos a serem conquistados este ano, e elege um deles, como prioridade, a conquisto do prémio do carnaval de São Vicente que, segundo Juff “tem sido uma luta nos últimos anos” e acredita que este ano vão conseguir este objectivo.

Em relação ao tema que gira a volta da CPLP e o facto de o país assumir recentemente a presidência do organismo, o Juff diz que será uma apresentação de coisas positivas, com  “um tema que está na moda”, e com isso chegar ao coração das pessoas, através dos trajes, carros alegóricos, música “Sabura sem fronteiras” de Jorge Carlos Rodrigues e Anísio.

Em relação ao número de figurantes, este avança que a ideia é levar para as ruas do Mindelo, cerca de mil figurantes e apresentar 3 ou 4 carros alegóricos.

A apresentação aconteceu este fim-de-semana no Miradouro da zona de Cruz João Évora, com a Baía do Mindelo a servir como pano de fundo para uma noite que serviu também para a apresentação do reinado do grupo.

O destaque vai para Andrea Gomes que pelo segundo ano consecutivo veste o manto de Rainha de Bateria. Ela vai assumir mais uma vez a responsabilidade de “comandar” a bateria do Mindel Samba que tem sido, ao longo dos anos, a bateria do Grupo.

O casal de Porta-bandeira e Mestre-sala, este último ficou para Valdir Gomes que disse ter sido uma honra receber a nomeação para fazer a entrada do grupo no desfile do dia 5 de Março e que terá a responsabilidade de dar o seu máximo na festa do Rei Momo 2019. No entanto a figura de Porta-bandeira, segundo a organização é uma surpresa e será revelada nas vésperas do desfile.

O casal real, neste caso duas rainhas e um rei que não residem no país, são eles Arlindo Bandeira que reside na Islândia, e as rainhas são Gloria Cabral e Joraina.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.