Cientistas descobriram um novo planeta que pode conter vida

10/01/2019 12:24 - Modificado em 10/01/2019 12:25

O planeta K2-288Bb situa-se na chamada zona ‘goldilocks’ e foi detetado pelo telescópio TESS.

Um grupo de cientistas descobriu um planeta fora do nosso Sistema Solar que pode conter vida, tendo um tamanho semelhante ao da Terra e estando situado na chamada zona ‘Goldilocks’ – isto é, não tão afastado, nem tão próximo de uma estrela.

O planeta, que recebeu como nome K2-288Bb, recebe luz de duas estrelas diferentes, o que não quer dizer necessariamente que o nível de calor é o mesmo do Sol do nosso Sistema Solar. Ainda assim, os cientistas acreditam que o planeta recebe energia suficiente para conter vida, isto se não receber demasiada radiação das duas estrelas.

Mais interessante sobre a descoberta deste exoplaneta é o facto de ter sido descoberto por cientistas não ligados a instituições astronómicas, com um dos autores a ser uma estudante da Universidade de Chicago, Adina Feinstein. “É uma descoberta entusiasmante devido à forma como foi descoberto, à temperatura da órbita e porque os planetas deste tamanho parecem ser relativamente incomuns”, explicou Feinstein.

Diz Jet Propulsion Laboratory que o ‘paper’ sobre esta descoberta está publicado no The Astronomical Journal.

Por Notícias ao Minuto

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.