Cabo-verdiana assassinada em França pelo companheiro: filha menor dormia em casa no momento da tragédia

8/01/2019 14:47 - Modificado em 8/01/2019 14:48
| Comentários fechados em Cabo-verdiana assassinada em França pelo companheiro: filha menor dormia em casa no momento da tragédia

Segundo a imprensa francesa foi o irmão de Mónica quem deu o alerta. Ao entrarem no apartamento do casal, encontraram o cadáver de Mónica Duarte com duas facas espetadas. Num quarto dormia uma menina de seis anos, filha da mulher. Esta não se terá apercebido do crime brutal.

O suspeito foi entregue à PJ portuguesa tendo esta contactado as autoridades francesas para que fizessem chegar a Portugal provas do crime e da autoria do mesmo. O suspeito foi ontem presente ao juiz e ficará preso até que seja, eventualmente, extraditado.

A vítima pediu ajuda ao irmão por telefone. Poucos minutos depois de Bruno ter saído de casa da irmã, Mónica ligou-lhe, em tom aflitivo, a pedir que voltasse. Ele assim fez, mas ao bater à porta ninguém respondeu.

Segundo relata a imprensa francesa, este terá pensado que o casal adormecera. Pelas 08h30 da manhã voltou à habitação e, nessa altura, deu o alerta aos bombeiros e à polícia. O corpo da irmã foi descoberto na sala, sem vida. O homicida já tinha fugido para Portugal.

As informações dizem que na origem do crime, que tirou a vida de Mónica Duarte, de 29 anos, foram movidos pelos ciúmes, por suspeitar que a namorada o traía com outro homem.

Após assassinar a esposa à facada, na residência do casal em Bellefontaine, na cidade francesa de Toulouse, Felisberto Semedo, de 30 anos fugiu para Portugal onde se entregou, no passado domingo.

De acordo com o Correio da Manhã, este dirigiu cerca de 1250 km de carro até Lisboa. Entrou de roupas ensanguentadas na esquadra da PSP de Sacavém, em Loures, pela hora de almoço de domingo – cerca de 12 horas após o crime. Disse aos agentes que era procurado pela polícia francesa pela morte da namorada e que queria entregar-se.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.