SOS Racismo acusa TVI de “branquear crimes racistas”

3/01/2019 22:54 - Modificado em 3/01/2019 22:54

Organização diz que programas do canal de Queluz são “guarnecidos” por figuras públicas com posições racistas como “Barra da Costa, Quintino Aires, Susana Garcia e André Ventura”.

Aorganização SOS Racismo condenou, esta quinta-feira, a TVI por ter convidado para o programa ‘Você na TV’, apresentado por Manuel Luís Goucha e Maria Cerqueira Gomes, Mário Machado, líder do movimento de extrema-direita Nova Ordem Social.

Numa publicação partilhada no Facebook, Mamadou Ba, líder do SOS Racismo, explica que a TVI não pode justificar o convite a Mário Machado com a liberdade de expressão quando este já esteve “mais de 12 anos preso ao longo da sua vida por vários crimes, alguns envolvendo crimes de ódio racial”, como, recorda a organização, a morte de Alcino Monteiro, na qual ficou provado o envolvimento do mesmo.

Mas Mamadou Ba vai mais longe. Garante que este não é caso único na estação de Queluz e acusa os responsáveis deste canal de televisão de darem espaço a comentários racistas e xenófobos.

O cardápio de figuras públicas com posições racistas nos programas da TVI é guarnecido por personagens como Barra da Costa, Quintino Aires, Susana Garcia ou André Ventura. Todos estes foram já motivo de queixas e processos na Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) por declarações racistas”, reporta a organização, acrescentando que se esta é uma “estratégia empresarial para alcançar mais audiência, ela revela-se torpe e imoral”.

O SOS Racismo refere ainda que este tipo de escolhas não tem nada a ver com liberdade de expressão ou censura, mas sim, “entre democracia e ódio racial” e que, por esta razão, o canal de televisão em questão não pode utilizar os códigos éticos e deontológicos dos jornalistas para justificar convites a pessoas como Mário Machado.

A direção editorial da TVI e os seus responsáveis não se podem esconder por detrás do biombo da liberdade de expressão para branquear os crimes racistas nem para legitimar o regresso do nazi-fascismo”, conclui Mamadou Ba.

Por Notícias ao Minuto

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.