Entenda o impacto que fumar canábis pode ter no esperma dos homens

25/12/2018 23:49 - Modificado em 25/12/2018 23:49
| Comentários fechados em Entenda o impacto que fumar canábis pode ter no esperma dos homens

Fumar canábis provoca alterações genéticas no esperma, alerta um novo estudo

Os investigadores sugerem que os homens devem deixar de fumar marijuana pelo menos seis meses antes de tentarem começar uma família.

Apesar da substância ser muitas vezes considerada como uma das drogas mais seguras, ainda assim a canábis poderá ter um impacto preocupante no esperma masculino.

As conclusões são de um novo estudo conduzido por investigadores da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, e que concluiu que os homens que fumam canábis apresentam uma contagem menor de espermatozoides.

Para efeitos daquela pesquisa, os investigadores analisaram o esperma de voluntários que haviam fumado canábis pelo menos semanalmente nos seis meses que antecederam a experiência.

O esperma desses indivíduos foi comparado ao de outros que não haviam fumado marijuana nos últimos seis meses, e não mais que em dez ocasiões durante toda a vida.

A análise revelou que quanto maior era a concentração de marijuana na urina dos homens, menor era a sua contagem de espermatozoides, e as mudanças genéticas no esperma eram igualmente mais notórias.

A médica Susan Murphy, que liderou o estudo, disse: “Ainda não sabemos exatamente como aquela droga impacta no crescimento das crianças, mas tememos que provoque problemas no seu desenvolvimento”.

Tendo como base esses dados, os investigadores sugerem que os homens parem de fumar canábis pelo menos seis meses antes de tentarem começar uma família.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.