Sal: MpD satisfeito com investimentos de mais de quatro milhões de contos previstos para a ilha

21/12/2018 00:24 - Modificado em 21/12/2018 00:24
| Comentários fechados em Sal: MpD satisfeito com investimentos de mais de quatro milhões de contos previstos para a ilha

A Comissão Concelhia do Movimento para a Democracia (MpD), no Sal, manifestou hoje o seu “contentamento” relativamente aos investimentos “de mais de quatro milhões contos” previstos para a ilha turística, no Orçamento do Estado (OE) de 2019.

Esta satisfação foi manifestada pelo deputado nacional, eleito pelo círculo eleitoral do Sal, Francisco Correia, durante uma conferência de imprensa convocada para o efeito.

Enunciando alguns investimentos, dos 4. 628 milhões de contos previstos para a ilha, Francisco Correia destacou, os para a Empresa de Segurança Aérea (ASA) e Electra na ordem dos 2.888 milhões de contos, incluindo, conforme observou, o aumento da capacidade da central eléctrica e dessalinizadora.

Além destes planos, a mesma fonte realçou, por outro lado, o investimento de 600 mil contos previstos para a construção da terceira fase do Porto da Palmeira, a parte administrativa e requalificação da zona externa envolvente.

Os mais de 85 mil contos para a saúde, visando o reforço da construção do Centro de Saúde de Santa Maria e transformação do hospital do Sal em hospital regional, como referência para São Nicolau inserto na rede de emergência médica nacional, mereceu também relevância do MpD local.

“A Comissão Política Concelhia do MpD saúda calorosamente o OE 2019, e o empenho do Governo em continuar a promover a ilha do Sal como maior destino turístico de Cabo Verde”, sublinhou, aludindo ainda ao reforço da segurança com a instalação de vídeo vigilância em 2019, no âmbito do Projecto Cidade Segura.

Continuando a enumerar “os vários investimentos” para a ilha do Sal, em 2019, Francisco Correia ajuntou que a Câmara Municipal do Sal receberá, no âmbito do programa PRRA, o montante de 130 mil contos para a requalificação urbana e reparação de habitação degradada.

“Também beneficiará de transferências de 367 mil contos do Fundo do Financiamento Municipal, do Fundo do Ambiente, do Fundo do Turismo e do Fundo de Manutenção Rodoviária”, informou, acrescentando que o Governo dará também sequência à melhoria educativa, sobretudo no respeitante à capacidade do parque escolar, para atender à crescente procura resultante das migrações internas.

Francisco Correia indicou ainda que o Sal beneficiará de um programas de investimento e desenvolvimento empresarial com destaque para a empreendedorismo jovem, “massificando” a formação profissional para 480 jovens, e de estágios profissionais remunerados para mais de 150 jovens desempregados, titulares de formação profissional média e superior.

No rol dos investimentos previstos, Francisco Correia concluu com uma alusão a outras valências contempladas no OE, nomeadamente o turismo desportivo, com investimentos em cerca de 65 mil contos para a realização dos Jogos Africanos de Praia, e das actividades náuticas, e a rede de esgotos da cidade de Espargos, com uma quantia de 364 mil contos, entre outros.

“Tudo isso vai trazer uma grande dinâmica económica e empresarial, e a rede de esgotos, indubitavelmente, irá revolucionar o saneamento na ilha do Sal”, enfatizou, manifestando, entretanto, inquietação em relação ao déficite habitacional na ilha.

Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.