Polícia Nacional de Santiago Sul e do Maio mobiliza mais de 400 efetivos para garantir segurança no Natal e Fim de Ano

20/12/2018 14:55 - Modificado em 20/12/2018 14:55
| Comentários fechados em Polícia Nacional de Santiago Sul e do Maio mobiliza mais de 400 efetivos para garantir segurança no Natal e Fim de Ano

A Polícia Nacional (PN), através do Comando Regional de Santiago Sul e Maio (CRSSM), já deu início à implementação do Plano Operacional “Natal e Fim de Ano em Segurança” com a presença de mais de 400 efetivos policiais que já estão nas ruas para garantir a segurança dos praienses e da ilha do Maio e restantes localidades da região.

De acordo com a PN, o Plano Operacional “Natal e Fim de Ano em Segurança” abrange um policiamento ostensivo em todos os bairros, patrulhamento auto e apeado, policiamento de proximidade e operações STOP. O referido Plano visa diminuir os índices da criminalidade, aumentar o sentimento de segurança, diminuir a sinistralidade rodoviária e garantir o normal funcionamento das instituições públicas e privadas entre outros.

A mega operação teve início no passado dia 10 de dezembro e prosseguirá até ao dia 05 de janeiro de 2019, com particular enfoque para a realização do evento “Noite Branca”, promovido pela Câmara Municipal da Praia.

O porta-voz do Comando Regional da PN de Santiago Sul e Maio, Comissário Domingos Rosa, numa conferência de imprensa, afirma que “as unidades policiais iniciaram as operações no passado dia 10 com o objetivo essencial da visibilidade e a pro-actividade policial, mas também, da prevenção e da garantia efetiva da segurança dos cidadãos”.

O Comissário revela que os crimes que mais preocupam a corporação são os de homicídio e por isso, uma particular atenção será dada com o propósito de prevenir esse tipo de crime e fazer diminuir os números em relação ao período homólogo do ano anterior.

O porta-voz do CRSSM aproveitou a ocasião para apelar aos cidadãos para um consumo moderado de bebidas alcoólicas nesta quadra festiva, pois ela é a causa de muitos comportamentos de risco e de alguma violência em determinados locais.

“Apelamos ainda à sociedade civil para que haja mais cultura e de interiorização dos valores e princípios da paz, da tolerância, da harmonia e da reflexão, sobretudo das famílias no exercício efetivo da responsabilidade paternal e das autoridades públicas e privadas que também podem contribuir neste domínio”, apela.

Domingos Rosa pede a colaboração de todos para que seja possível que durante a mega operação se venha a registar “menos crimes, menos violência e menos sinistralidade rodoviária, de forma que esta quadra festiva decorra dentro da normalidade para os cidadãos e autoridades.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.