Centro Cultural do Mindelo organiza “Universo Luís Morais” em memória do artista mindelense

20/12/2018 00:46 - Modificado em 20/12/2018 00:48
| Comentários fechados em Centro Cultural do Mindelo organiza “Universo Luís Morais” em memória do artista mindelense

O Centro Cultural do Mindelo (CCM) organiza de 21 a 23 de Dezembro o “Universo Luís Morais”, que, além de homenagear o artista mindelense, pretende mostrar a sua “versatilidade” na música.

Segundo informações da diretora de produção do Centro, Giselle Silva, trata-se de um “festival eclético”, que promoverá uma “gama de apresentações” para homenagear Luís Morais, especialmente lembrado nesta época festiva, com o “famoso Boas Festas”.

“Mas também queremos mostrar a sua versatilidade. Mostrar que ele não era só um homem de final de ano, mas que tocava músicas variadas e com muita qualidade”, avançou a responsável à Agência de Noticias Cabo-verdiana. Gisselle Silva também será uma das artistas a apresentar-se, no dia 21, juntamente com o Coral Bana, pertencente ao CCM e do qual é maestrina.

O evento arranca na nesta sexta-feira, às 17:00, com a Banda Municipal, que, segundo a mesma fonte, irá interpretar músicas do repertório de Luís Morais.

“Relembrar Luís Morais e a sua mestria é algo que nos enche de orgulho e nostalgia”, declarou Giselle Silva, referindo-se ainda a outro item da programação. O “Uvi Luís Morais” que permitirá ás pessoas ouvirem músicas deste artista em vinil e em CD.

Durante os três dias reservam-se apresentações dos “mais variados”, entre as quais do trio composto por Chico Serra, Tey Santos e Nolito Pinheiro, concerto da banda Agape e do Coral Encantus Kriol.

Já para os mais pequenos está agendado o “Tangoné”, que é um recital feito por crianças para crianças e que na manhã do dia 22 mostrará os “talentos” dos artistas mirins Ariel e Fredy.

De acordo com a mesma fonte o “Universo Luís Morais” pretendia reservar um espaço para novas vozes, mas, segundo Giselle Silva, foi cancelado devido a “problemas” com a banda de suporte. Ainda assim todos estão convidados a participar e “reviver a memória deste grande artista” que foi Luís Morais.

O músico cabo-verdiano nasceu no dia 10 de Fevereiro de 1935, na Ilha de São Vicente e morreu no dia 25 de Setembro de 2002 nos Estados Unidos de América.

Ao longo da sua carreira destacou-se como um virtuoso executante de instrumentos de sopro, entre os quais o saxofone (alto e tenor), o clarinete e a flauta. Foi o mentor do famoso conjunto Voz de Cabo Verde, com o qual percorreu o mundo como solista e diretor musical.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.